Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Ponto

De Monteiro Lobato a Paula Pimenta

0

1

Cristiane Menezes, no Quadros, Retratos & Leituras

Ler é fundamental. Um, dois, três livros por mês, faz bem à mente. Mas é importante saber o que se lê e quem se lê. Sou contra ao dizer que a leitura de qualquer coisa seja útil. De que vale ler por ler? Há muitas futilidades nos livros atuais. Quando escrevi o post “Qual a sua geração?” indaguei sobre isto. É preciso ler algo que contribua no desenvolvimento e formação do ser humano.

Muitos jovens desconhecem, por exemplo, obras belíssimas como as de Clarice Lispector, escritora e jornalista ucraniana, mãe e mulher, naturalizada brasileira, que morou em Recife, capital de Pernambuco, onde começou a escrever logo que aprendeu a ler. E numa de suas obras Felicidade Clandestina fala de sua real paixão pela leitura.

“…Mas possuía o que qualquer criança devoradora de histórias gostaria de ter: um pai dono de livraria. Pouco aproveitava. E nós menos ainda: até para aniversário, em vez de pelo menos um livrinho barato, ela nos entregava em mãos um cartão-postal da loja do pai.” Leia mais aqui do Conto real Felicidade Clandestina: http://migre.me/dBHdL

Entretanto, são fanáticos pela O Diário da Princesa, a mais bem-sucedida série da escritora americana Meg Cabot, com mais de 15 milhões de exemplares vendidos, ganhou adaptação para os cinemas pelos Estúdios Disney.

Liberdade de escolha, sim! Também já falei sobre no post “O que dizer?”. Mas é preciso atenção aos conteúdos e escritores. Nem tudo que se lê é verdade, faz bem.

A colega e professora Ana Paula Dmetriv já citada aqui no post anterior, fez um comentário no Jornal Gazeta do Povo, de Curitiba/PR, que trazia a matéria Juventude Desperdiçada, lembrando outro ponto. Segundo a mesma o incentivo à leitura deve começar cedo e os pais não podem deixar essa tarefa restrita ao âmbito escolar. “A leitura não pode ser apresentada à criança como uma obrigação, mas como fonte de prazer, diversão e novas descobertas. Leia para seu filho, leve-o à biblioteca, à livraria… Enfim, dê o exemplo!” completa Ana.

Aqui no blog além das telas abaixo, você ainda pode encontrar “Maneiras de Ler Livros e Jornais” e se quiser dizer: Qual a sua preferida? Qual último livro leu? O que ficou de bom? Comente aqui!

A tela em moldura se chama Leitura e pertence ao artista plástico brasileiro José Ferraz de Almeida Júnior (1850-1899) que ficou famoso por suas pinturas realistas de caipiras.

Linda Apple artista plástica americana.

Tatyana Deriy nasceu em Moscou, Rússia, em 1973. Sempre demonstrou preferência pelo retrato e composições de interiores. É membro da Federação Internacional de Artistas e da União de Artistas de Moscou.

Louise Amélie Landré foi uma artista plástica francesa (1852-1906). Estudou no ateliê de Chaplin, depois com Barias e finalmente completou seus estudos em pintura com Hubert. Sua carreira se iniciou no Salão de 1876. Em 1885, foi nomeada como associada aos artistas franceses.

(mais…)

Promoção: O Rei Negro

8

Capa_ReiNegro.indd

 

“Valdar é um mundo vasto e antigo, um universo habitado por povos profundamente diferentes entre si, que, ao longo dos séculos, foi sendo delineado pela beleza de suas civilizações e pela terrível e ancestral violência de suas guerras.

Nessa impetuosa mistura de destinos de Valdar, a vida do jovem soberano Manatasi parece transcorrer ao largo dos grandes eventos que forjam a história do lugar. Porém, tudo está a ponto de mudar.

O Rei Negro é, ao mesmo tempo, uma saga fantástica tradicional, impulsionada pela força magnética e irrefreável de seu protagonista – primeiro herói negro do universo fantástico –, bem como um desafio literário novo.”

Quer ser um dos ganhadores de 3 exemplares de “O Rei Negro”, um superlançamento da Ed. Gutenberg que vamos sortear?

Para participar, é só fazer o login no aplicativo abaixo e seguir as instruções.

Boa sorte!

 

a Rafflecopter giveaway

O resultado será divulgado no dia 28/2 no perfil do twitter @livrosepessoas.

Os ganhadores terão 48 horas p/ enviar seus dados completos para o e-mail [email protected].

O envio dos livros é de responsabilidade da editora e será efetuado num prazo de 30 dias.

Primeiro livro do fundador do WikiLeaks chega ao Brasil

0

Cypherpunks: Liberdade e o Futuro da Internet é o primeiro livro escrito por Julian Assange.

Wikerson Landim no TecMundo

 

Primeiro livro do fundador do WikiLeaks chega ao Brasil (Fonte da imagem: Divulgação/Boitempo)

Chega ao Brasil nesta semana o livro “Cypherpunks: Liberdade e o Futuro da Internet”, a primeira obra escrita por Julian Assange, o fundador do site WikiLeaks. A edição brasileira é responsabilidade da Boitempo Editorial e tem a colaboração do filósofo esloveno Slavoj Zizek e da jornalista Natalia Viana.

A obra é uma reflexão de Julian Assange sobre o seguinte tema: a comunicação eletrônica vai nos deixar mais livres ou nos escravizar? Além, um grupo de ativistas (Jacob Appelbaum, Andy Mueller-Maguhn e Jéremie Zimmermann) também participam do livro.

De acordo com o autor, haverá no futuro uma onda de repressão à internet a ponto de ela ser considerada uma ameaça à civilização. Sites como o Google e o Facebook seriam, juntos, a maior máquina de vigilância que já existiu, capaz de rastrear continuamente a nossa vida. O livro tem preço sugerido de R$ 29.

Fonte: Adrenaline

Livraria em Buenos Aires está entre as mais belas do mundo

0
A Livraria El Ateneo já abrigou um teatro de ópera (o Gran Splendid) e um cinema Foto: Radioher / Creative Commons

A Livraria El Ateneo já abrigou um teatro de ópera (o Gran Splendid) e um cinema
Foto: Radioher / Creative Commons

Publicado por Vida e Estilo

As livrarias são uma marca registrada da capital argentina. Distribuídas pela cidade, sejam elas pequenas ou grandes, atraem diariamente nativos e turistas em busca de um bom lugar sentar, beber um café e ler. Abaixo, confira cinco interessantes opções para se visitar.

El Ateneo Gran Splendid
A mais famosa livraria de Buenos Aires – e uma das mais importantes do mundo, de acordo com pesquisa do jornal britânico “The Gardian” – já abrigou um teatro de ópera (o Gran Splendid) e um cinema. Atualmente conta com mais de 120 mil livros em suas prateleiras, um bar e um café, este último localizado no palco do antigo teatro. Definitivamente, um ponto turístico da capital portenha. Endereço: avenida Santa Fé, 1860, Centro. Tel.: 00xx 54 11 4813.6052

Clássica y Moderna
A impressão é de estar em um café, mas trata-se de uma livraria requintada de Buenos Aires, digna de premiações do governo local, como a Medalha do Bicentenário, dada pela difusão, promoção e defesa do livro e da leitura. Conta com um restaurante e eventuais shows de tango e jazz. Endereço: rua Callao, 892, Recoleta. Tel.: 00xx 54 11 4812.8707

Walrus Books
Pequena e agradável livraria dedicada a livros em inglês. O dono, Geoffry, professor de inglês no Estados Unidos, se mudou para a Argentina depois de se apaixonar por Josefina, sua esposa. Nas prateleiras estão mais de 6 mil livros de diferentes temas, como literatura, história argentina e da América Latina, e poemas. Endereço: rua Estados Unidos, 617, San Telmo. Tel.: 00xx 54 11 4300.7135

Eterna Cadencia
Fundada em agosto de 2008, reúne obras de literatura nacional e internacional. Além produzir os próprios livros e de ser bem decorada, possui um aconchegante pátio (transformado em café) e um terraço que serve de ponto de encontro em eventos literários. Endereço: rua Honduras, 5574, Palermo. Tel.: 00xx 54 11 4774.4100

Boutique Del Libro
Se divide entre livraria e café. A boa notícia é que conta com os melhores livros das editoras locais, além de ceder espaço para eventos e lançamentos. A má notícia é que, na maioria das vezes, está lotada. Endereço: rua Thames, 1762, Palermo. Tel.: 00xx 54 11 4833.6637

Go to Top