Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Prefeitura Do Rio De Janeiro

Estudantes recebem presentes do “casamento” das prefeituras

0
Estudantes recebem presentes do "casamento" das prefeituras

(foto: Jaelson Lucas/SMCS)

Publicado no Bem Paraná

Um dos primeiros presentes do “casamento” das prefeituras de Curitiba e do Rio de Janeiro foi entregue na tarde desta sexta-feira (26) e quem o recebeu foram professores e estudantes da Escola Municipal CEI Heitor de Alencar Furtado, no bairro Cidade Industrial. O grupo recebeu como presente 100 livros de educação no trânsito e curso de capacitação para os professores, ofertados pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR-PR).

Oferecer o material à escola foi a forma encontrada pela ABCR para participar da brincadeira da união das duas administrações, que começou no Facebook, no perfil das prefeituras, e se espalhou por diferentes cidades, com a participação de empresas e instituições oferecendo presentes para Curitiba.

Além de presentear a cidade, por meio da escola, a associação ofereceu mais 500 livros para prefeituras do interior do estado que serão “madrinhas do casamento”. “Aderimos a essa ação muito bem humorada que além de promover a integração das cidades mostrou-se uma boa oportunidade para divulgarmos as ações que realizamos pelo Bem na Estrada, o espaço onde divulgamos as ações sociais desenvolvidas pelas concessionárias”, disse o diretor regional da ABCR, João Chiminazzo.

Na escola o material foi recebido com festa, em especial pelas crianças que adoraram os livros que transformam o conteúdo da educação para o trânsito em uma atividade dinâmica e prazerosa. “São histórias importantes que nos ajudam a ter o comportamento necessário como pedestre e futuros motoristas”, disse Gabriel Luanh Cabral Matias, de 11 anos e aluno do 5º ano do ensino fundamental.

Os livros entregues às crianças pertencem a uma coleção didática produzida pela editora Tecnodata que orienta e conscientiza os futuros motoristas. A diretora da escola, Luciane Gogola Kmiecik, comemorou o presente recebido e que permitirá ampliar as ações já realizadas de educação para o trânsito, dentro das diretrizes curriculares, com os 542 estudantes da escola. “A brincadeira do casamento já estava interessante, com o presente oferecido aos nossos alunos professores ficou ainda melhor”, disse Luciane.

Outros presentes de casamento oferecidos a Curitiba também privilegiaram a educação. O Shopping Estação e o Teatro Dr. Botica ofereceram 60 ingressos de teatro para crianças da rede e o teatro Regina Vogue outros 50 ingresso. O Shopping São José deu de presente outros 50 ingressos de cinema para crianças.

O presente da Tintas Coral será uma ação de grafitagem no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Servidores enquanto a empresa SOLS fará o despiche dos CMEIs Arnaldo Carnacialli e Itacolomi. O Grupo de Escoteiro do Mar, Amigo Velho 16 PR também ofereceu uma ação de despiche que será realizada em cinco unidades de ensino da rede.

A trincheira que liga a Travessa Nestor de Castro e a Alameda Augusto Stellfeld, na região central da cidade, também receberá ação de grafitagem em homenagem ao “casamento”.

Acompanharam a entrega dos kits na escola o gerente da Ecovia, Marcelo Belão e o diretor da Tecnodata Educacional, Celso Alves Mariano.

Sangue

O “casamento” também terá um dia de incentivo à doação de sangue. Será neste sábado (27), com doações em Curitiba e também no Rio de Janeiro. Estimativas de organizações de saúde apontam que, no Brasil, a cada dois minutos uma pessoa necessita receber sangue. De acordo com o Ministério da Saúde, apenas 1,7 % da população brasileira é doadora, enquanto que a Organização Mundial da Saúde (OMS) defende que o índice de doadores de sangue em um país deve ser de pelo menos 5% de sua população. Devido ao alcance da campanha, foram ampliados os locais para doação em Curitiba.

Onde doar sangue:

Curitiba

Hemobanco, na Rua Capitão Souza Franco, 290 – Bigorrilho – das 8h às 16h

Biobanco (Banco de Sangue do Hospital de Clínicas da UFPR) – Av. Agostinho Leão Júnior, 108 – das 7h30 às 12h

Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Curitiba (Banco de Sangue do Hospital Santa Casa) – Praça Rui Barbosa, 694 – das 8h às 12h

Hemepar – Travessa João Prosdócimo, 145 – das 8h às 18h

Rio de Janeiro

Hemorio – Rua Frei Caneca, 8 – das 7h às 18h

FHC é eleito imortal e deve ganhar fardão de R$ 70 mil

0

Gil Alessi, no UOL

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi eleito nesta quinta-feira (27) para ocupar a cadeira deixada pelo jornalista João de Scantimburgo (1915-2013) na ABL (Academia Brasileira de Letras). Ele é o segundo carioca eleito, e a Prefeitura do Rio de Janeiro deverá desembolsar mais R$ 70 mil para custear o fardão, roupa tradicional usada pelos ‘imortais’ durante as sessões. O município já pagou a roupa de Rosiska Darcy de Oliveira, empossada este mês.

Vestidos com o fardão da ABL, avaliado em R$ 70 mil, membros da academia participam de evento

Vestidos com o fardão da ABL, avaliado em R$ 70 mil, membros da academia participam de evento

A roupa é feita de sarja inglesa na cor verde escura e tem ramos da café bordados com fios de ouro, o que justifica parte do alto custo da vestimenta.

“Tradicionalmente quem paga a roupa é a prefeitura da cidade natal do eleito, ou o Estado, se for um município pobre”, informou a assessoria de imprensa da ABL. “Como o ex-presidente é carioca mas teve projeção política em São Paulo, não sabemos quem irá pagar a roupa.”

No Diário Oficial do município desta terça-feira (25), foi publicada a “aquisição de fardão da Academia Brasileira de Letras” por R$ 68 mil, pagos à Diógenes Alfaiataria e Camisaria Ltda, referentes ao traje de Rosiska Darcy.

O processo é feito sem licitação, segundo a Prefeitura, devido à “inexigibilidade” prevista na lei federal 8.666/1993, que institui normas para licitações e contratos da administração pública.

DINHEIRO PÚBLICO

Governo eleva gasto com maquiagem e penteado para falas de Dilma na TV

Governo eleva gasto com maquiagem e penteado para falas de Dilma na TV

“Eu acho que jamais essa despesa deveria ser bancada pela prefeitura. Quem precisa pagar é a Academia ou o próprio eleito. A roupa ‘padrão Fifa’ [referência ao bordão usado por manifestantes para questionar a qualidade dos serviços públicos] é desnecessária, especialmente no atual momento político do país”, afirma Gil Castello Branco, fundador e secretário-geral da ONG Contas Abertas, que acompanha gastos públicos.

Para ele, “do ponto de vista legal”, não há qualquer problema aparente na compra sem licitação, porque se trata de um item “que não se compra em qualquer esquina”.

“Mas a questão que se coloca é a prioridade do gasto. Os Estados e municípios falam em conter gastos públicos, e o fardão é totalmente secundário nesse panorama”, ressaltou.

Até o fechamento desta reportagem, as prefeituras do Rio de Janeiro, de São Paulo e a assessoria de imprensa de Fernando Henrique Cardoso não haviam se pronunciado sobre o assunto.

Go to Top