Posts tagged ranking

Paris é a melhor cidade do mundo para estudantes; confira o top 10

0

 

Publicado em UOL

Paris é a melhor cidade para estudantes pelo terceiro ano consecutivo, segundo o QS Quacquarelli Symonds University Rankings. Entre os quesitos avaliados estão qualidade das universidades, acessibilidade econômica, estilo de vida, perspectivas do mercado e a comunidade estudantil.

Para ser considerada, a cidade deve ter mais de 250 mil habitantes e pelo menos duas instituições de ensino superior no ranking de melhores universidades do mundo. Dessa forma, apenas 116 cidades foram avaliadas. Nenhuma cidade brasileira aparece no ranking. Confira a seguir a seguir as dez melhores cidades para os estudantes:

seul

10 Seul (Coreia do Sul)
A melhoria contínua da cidade no ranking vem de suas pontuações altas em indicadores importantes, como a categoria “atividade empregadora”, que reflete a reputação das universidades de Seul entre os empregadores locais e internacionais. A cidade conta ainda com 14 universidades no ranking QS das melhores do mundo do biênio 2014-2015 — a Universidade Nacional de Seul está na 31ª posição

toronto

9 Toronto (Canadá)
A maior cidade do Canadá combina o que o país tem de melhor a oferecer: uma população multiétnica, uma cena cultural vibrante, belezas naturais e universidades privilegiadas. A Universidade de Toronto, por exemplo, aparece na 20ª posição das melhores do mundo no raking QS

montreal


8 Montreal (Canadá)

Montreal possui a 21ª melhor universidade do mundo pelo ranking da QS (a McGill University). Como uma cidade de língua francesa num país de língua inglesa que teve uma intensa experiência de imigração nas últimas décadas, Montreal é multicultural. Ela dispõe de uma cena musical indie de renome mundial e é o local de grandes festivais internacionais

toquio

7 Tóquio (Japão)

Para aqueles que querem estudar no meio da agitação da cidade grande, Tóquio é uma boa opção já que garante imersão total na cultura local, em vez de viver em uma “bolha estudante”. A cidade subiu dez posições entre as melhores para estudantes com a ajuda da sua boa performance na categoria “conveniência”, que considera fatores como segurança, qualidade de vida, tolerância e transparência

boston

6 Boston (EUA)
A boa posição de Boston é amparada pelas universidades na região metropolitana, como a cidade vizinha de Cambridge, onde estão localizados o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e a Universidade Harvard, que constantemente aparecem no top 5 das melhores do mundo. A cidade combina a agitação das metrópoles e uma efervescente cena cultural com a abundância de espaços verdes

hongkong

5 Hong Kong (China)
Hong Kong subiu duas posições nesta edição do ranking. A boa colocação se deve à sua comunidade estudantil diversa e à categoria que avalia fatores como segurança, qualidade de vida, tolerância e transparência. A Universidade de Hong Kong, a Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong e a Universidade Chinesa de Hong Kong aparecem no top 50 das melhores do mundo

sydney-australia-1424728338865_615x300

4 Sydney (Austrália)
A posição de Sydney no ranking foi garantida pelas boas pontuações nas categorias que avaliam diversidade de alunos, inclusão social e tolerência, qualidade de vida e perspectivas do mercado. O único fator com baixa pontuação foi o de acessibilidade, por conta das altas taxas de ensino e custo de vida

londres-inglaterra-1436472162700_615x300

3 Londres (Reino Unido)
Londres é um dos centros culturais e criativos mais importantes do mundo. Além do Imperial College London aparecer em 2º lugar ao lado da Universidade de Cambridge nas melhores do mundo da QS, há toda uma série de institutos de prestígio especializados, como a Escola de Economia e Ciência Política de Londres, que aparece na 2ª posição do mundo na categoria de ciências sociais

australia

2 Melbourne (Austrália)
Sete universidades de Melbourne aparecem entre as melhores do mundo do ranking da QS. Além disso, por causa do seu bom padrão de vida e incrível cenário natural, ela já foi eleita diversas vezes uma das melhores do mundo para se viver. Melbourne teve ainda a maior pontuação na categoria que avalia a diversidade de estudantes, a inclusão social e a tolerância

paris

1 Paris (França)
No topo da lista de melhores cidades para estudantes pelo terceiro ano consecutivo, Paris tem 17 universidades no raking QS das melhores do mundo. Por suas taxas educacionais relativamente baixas, a cidade se torna muito mais acessível. A elite das instituições parienses produziu alguns dos mais importantes filósofos, teóricos, cientistas, políticos e matemáticos dos últimos 100 anos

Editoras mais populares do Twitter (45)

0

115

Sérgio Pavarini

Barack Obama entrou num debate que mobilizou milhares de internautas esta semana nos Estados Unidos. A questão não era diplomática, mas culinária.

Uma colunista de gastronomia do “The New York Times” tuitou uma nova receita de guacamole que incluía ervilhas. Apreciador de comida mexicana, Obama opinou no Twitter: “Respeito o NYT, mas não estou de acordo com as ervilhas no guacamole”. Yes, he can!

Essa é a magia do Twitter, permitindo que famosos e anônimos interajam instantaneamente e além de um simples “like”. Muita gente hoje vê TV com um smartphone na mão para comentar e ler a opinião de outras pessoas sobre determinado programa. As redes sociais podem impulsionar a audiência e o silêncio nelas sinaliza o insucesso, premissa que também vale para o segmento literário. #olhovivo

Vamos às mudanças no ranking de popularidade. A Editora Record subiu uma posição e está em 10º lugar, logo depois da Galera Record. A Arqueiro também ascendeu e está na 11ª posição. Pra completar as mudanças, a Casa Publicadora subiu para o 17º lugar.

No próximo mês a gente confere novamente. 🙂

Ranking Julho

1.  113.000 Intrínseca @intrinseca

2.  108.000 Mundo Cristão @mundocristao

3.    89.200 Editora Rocco @editorarocco

4.    85.100 Companhia das Letras @cialetras

5.    60.700 Editora Gutenberg @Gutenberg_Ed

6.    59.500 Novo Conceito @Novo_Conceito

7.    58.400 Editora Saraiva @editorasaraiva

8.    53.800 Editora CPAD @EditoraCPAD

9.    51.900 Galera Record @galerarecord

10.  50.200 Editora Record @editorarecord

11.  49.700 Editoria Arqueiro @editoraarqueiro

12.  48.300 Editora Autêntica @Autentica_Ed

13.  44.400 Sextante @sextante

14.  40.400 Editora Leya @EditoraLeya

15.  36.700 Cosac Naify @cosacnaify

16.  36.400 Suma de Letras @Suma_BR

17.  33.300 Casa Publicadora @casapublicadora

18.  32.400 Editora Nemo @editoranemo

19.  29.200 L&PM Editores @LePM_Editores

20.  29.000 Editora RT @revtribunais

Ranking atualizado em 3/7

Editoras mais populares no Instagram (12)

0

Sérgio Pavarini

A tranquilidade de curtir (literalmente) fotos no Instagram sem receber apelos publicitários está com os dias contados. Depois de iniciar a veiculação de anúncios no feed, a rede anunciou que em breve vai permitir compras por meio de fotos e vídeos. Os botões “shop now”, “install now”, “sing up” e “learn more” entram em teste nos próximos dias. #aguardemos

O ranking de popularidade das editoras tem apenas uma alteração. A Zahar subiu duas posições e agora está em 13º lugar. Interessante notar que há três patamares bem distintos. As primeiras no ranking se distanciam cada vez mais. Na ala intermediária, a briga é acirrada, algo que se repete no terceiro bloco.

Com a crise batendo em algumas portas (e derrubando redações de revistas), resta saber se alguém vai deslocar as redes sociais da coluna de “investimento” para “despesa”. Acreditar em crescimento orgânico é o mesmo que confiar no patriotismo do Renan Calheiros. #ficaadica

Abraços e ótimo mês para todos. 🙂

Ranking Junho

1.   118.000 Panelinha editorapanelinha

2.     92.100 Intrínseca intrínseca

3.     63.600 Rocco editorarocco

4.     47.000 Casa dos Espíritos casadosespiritos

5.     44.800 Novo Conceito novo_conceito

6.     24.800 Arqueiro editoraarqueiro

7.     23.300 Mundo Cristão mundocristao

8.     22.800 Gutenberg editoragutenberg

9.     20.600 Cia das Letras companhiadasletras

10.   15.600 Galera Record galerarecord

11.   14.500 Sextante editorasextante

12.   12.900 Editorial Record grupoeditorialrecord

13.     8.600 Editorazahar editorazahar

14.     8.300 Cosac Naify cosacnaify

15.     8.000 Central Gospel editora_centralgospel

16.     6.300 WMF Martins Fontes editorawmfmartinsfontes

17.     5.300 Univdoslivros universodoslivros

18.     4.800 CPAD editora_cpad

19.     4.700 Globo Livros globolivros

20.     4.100 Saraiva editora_saraiva

atualizado em 3/6

Editoras mais populares no Facebook (14)

0

facebookcover

Sérgio Pavarini

Que as redes sociais são altamente viciantes, ninguém tem dúvida. No entanto, há situações que envolvem riscos para terceiros e extrapolam o bom senso.

Pesquisa encomendada pela AT&T revelou que 27% dos motoristas norte-americanos com idade entre 16 e 65 anos disseram usar o Facebook ao volante. Alguns gravam vídeos (oi?) e outros tiram selfies no momento em que deveriam estar concentrados em dirigir.

De acordo com o Conselho Nacional de Segurança dos EUA, o número de acidentes com motoristas que estavam digitando responde atualmente por 6% do total. Lembrando o bordão, “para que tá feio”.

Vamos ao nosso ranking, Todas as editoras permaneceram estacionadas nas posições de abril, com exceção da Leya, que subiu uma posição e agora está em 12º lugar.

Mês que vem estamos de volta. 🙂

 

Ranking Maio

.
1.   2.307.000 Chiado

2.      901.000 Intrínseca

3.      850.000 Saraiva

4.      670.000 Record

5.      531.000 Arqueiro

6.      476.000 Rocco

7.      442.000 Cia das Letras

8.      370.000 Darkside Books

9.      327.000 Novo Conceito

10.    251.000 Sextante

11.    209.000 Universo dos Livros

12.    197.000 Leya Brasil

13.    195.000 Impetus

14.    181.000 CPAD

15.    169.000 Suma de Letras

16.    163.000 Casa Publicadora

17.    153.000 Mundo Cristão

18.    141.000 Galera Record

19.    138.000 L&PM Editores

20.    119.000 Hagnos

ranking atualizado em 21/5

Editoras mais populares do Twitter (44)

0

twi22
Sérgio Pavarini

O relatório de lucros trimestrais do Twitter revelou a quantia paga pela empresa no início do ano na aquisição do Periscope e da Niche: US$ 86 milhões. E pra que raios serve isso?

Basicamente, o Periscope é um aplicativo que permite fazer transmissões ao vivo em vídeo. Ontem (11) o app recebeu uma nova atualização, tornando-o acessível para quem não está no Twitter. Basta fornecer o número de telefone para entrar no Periscope, sem necessidade de ter conta na microrrede.

Sim, na hora que conseguimos descobrir possibilidades de uma rede social, outra já vem com algo novo para nos envolver de formas inimagináveis há alguns anos. Com disposição e paciência, logo a gente se acostuma. 🙂

E vamos ao nosso ranking de popularidade no Twitter. Esta edição não trouxe nenhuma alteração. Algumas editoras cresceram mais que outras, porém todas estão na mesma posição do mês passado. Em junho a gente confere novamente.

Ranking Maio

1.  109.000 Intrínseca @intrinseca

2.  103.000 Mundo Cristão @mundocristao

3.    86.500 Editora Rocco @editorarocco

4.    82.600 Companhia das Letras @cialetras

5.    59.900 Editora Gutenberg @Gutenberg_Ed

6.    57.700 Novo Conceito @Novo_Conceito

7.    56.200 Editora Saraiva @editorasaraiva

8.    52.500 Editora CPAD @EditoraCPAD

9.    50.500 Galera Record @galerarecord

10.  48.000 Editora Autêntica @Autentica_Ed

11.  47.800 Editora Record @editorarecord

12.  47.200 Editoria Arqueiro @editoraarqueiro

13.  43.900 Sextante @sextante

14.  38.500 Editora Leya @EditoraLeya

15.  36.200 Cosac Naify @cosacnaify

16.  35.500 Suma de Letras @Suma_BR

17.  32.400 Editora Nemo @editoranemo

18.  32.200 Casa Publicadora @casapublicadora

19.  29.000 L&PM Editores @LePM_Editores

20.  29.000 Editora RT @revtribunais

Ranking atualizado em 11/5

Go to Top