O escritor J.R.R. Tolkien (Crédito: Keystone/Getty Images)

O escritor J.R.R. Tolkien (Crédito: Keystone/Getty Images)

 

Publicado na Veja

Dois poemas de J.R.R. Tolkien foram descobertos recentemente no anuário de 1936 da Our Lady’s School, escola de ensino infantil, fundamental e médio localizado no condado inglês de Oxfordshire. Segundo o site do jornal britânico The Guardian, acredita-se que os poemas foram escritos quando o autor de O Senhor dos Anéis atuava como professor na Universidade de Oxford.

Os textos foram descobertos quando o americano Wayne Hammond, pesquisador que estuda a obra de Tolkien, encontrou um bilhete do britânico em que ele afirmava ter publicado dos poemas em uma revista que ele identificou como Abingdon Chronicle. Hammond deduziu que a publicação se tratava do anuário da Our Lady’s School e entrou em contato com o diretor da escola, Stephen Oliver.

Sumário do anuário da Our Lady’s School, com os dois poemas de Tolkien (Crédito: Our Lady’s School/Divulgação)

Sumário do anuário da Our Lady’s School, com os dois poemas de Tolkien (Crédito: Our Lady’s School/Divulgação)

 

“Minha animação quando eu vi os poemas foi incrível. Sou um grande fã de Tolkien e fiquei muito feliz de ter descoberto uma ligação dele com a escola”, disse Oliver ao Guardian. O primeiro poema, The Shadow Man (O homem da sombra, em tradução direta), é uma versão inicial de um texto que Tolkien publicou em 1962 na coletânea As Aventuras de Tom Bombadil. O segundo, Noel, é um poema natalino.

“Fiquei comovido ao ler os poemas”, disse Oliver. “Noel traz uma abordagem diferente para uma história natalina e se passa em um cenário invernal. O foco é a Virgem Maria, o que pode explicar por que Tolkien o escreveu para a revista da escola, já que nós nos dedicamos a ela. The Shadow Man também é uma história bonita, sobre duas pessoas que se encontram e que depois apresentam apenas uma sombra – parece ser um texto sobre o casamento. O Homem da Sombra está incompleto até que uma mulher o encontra e acaba com sua solidão.”