Posts tagged revival

Diretor de Os Novos Mutantes vai adaptar livro de Stephen King, O Talismã

0

3527073

Josh Boone já comanda outro filme baseado num romance do escritor: Revival.

Felipe Ribeiro, no Adoro Cinema

Diretor de X-Men: Os Novos Mutantes, cujo horripilante primeiro trailer já foi divulgado, Josh Boone acaba de ser recrutado pela Sony para adaptar o sombrio romance fantástico de Stephen King e Peter Straub: O Talismã. Segundo a Variety, o cineasta está cotado apenas para escrever o roteiro, mas pode acabar se tornando diretor do projeto ao longo do caminho.

Primeira colaboração de King e Straub, o livro gira em torno de um garoto de 12 anos, Jack Sawyer, que vaga por uma dimensão paralela chamada de Os Territórios em busca de um talismã, o único objeto que pode salvar a vida da sua mãe em estado terminal. Ele encontra domínios dentro de outros domínios e eventualmente se depara com pessoas que são reflexos daquelas que conhece no mundo real, como sua mãe.

No início do projeto, quando ainda não era certo se ele seria um filme ou minissérie, Steven Spielberg estava cotado no cargo de direção. É incerto se o diretor de Jurassic Park pode ou não retornar. Contudo, independente disso, Boone não é um completo estranho ao trabalho de King, pois já foi chamado para outras adaptações de livros do escritor, como Revival, filme em desenvolvimento que é baseado num romance do autor e esta sendo comandado por Boone.

A adaptação de O Talismã ainda não tem previsão de lançamento e vem à tona num momento em que vários adaptações de King estão em alta tanto no cinema (It – A Coisa, A Torre Negra), quanto na televisão (Castle Rock, Mr. Mercedes).

Os novos livros de Gilmore Girls

0
Lorelai lê Wild, livro com papel importante no revival de Gilmore Girls

Lorelai lê Wild, livro com papel importante no revival de Gilmore Girls

 

Os 4 novos episódios exibidos pela Netflix trazem mais referências literárias.

Gabriela Morandini, no Blasting News

Quem é fã da série #Gilmore Girls (exibido no Brasil como “Tal mãe, tal filha”) sabe que o revival feito pela #Netflix já está no ar. E com ele, aqueles que encararam o Rory Gilmore Reading Challenge (Desafio de Leitura de Rory Gilmore) podem ficar felizes em saber que os novos episódios fazem referência a mais títulos que podem ser adicionados ao desafio.
Os novos livros de Gilmore Girls

Nos episódios de Gilmore Girls – A Year in the Life, lançados pela Netflix no último dia 25/11, acompanhamos 4 dias na vida das garotas Gilmore, um em cada estação do ano. Cada parte dura cerca de 90 minutos, e ao longo desse tempo, não vemos Rory lendo tantos #Livros quanto antigamente – apenas no episódio Summer (Verão) ela está com um livro em mãos, mas não foi possível identificá-lo.

Mas, mesmo assim, são citados – por Rory, Lorelai e outras personagens – diversos livros e autores, demonstrando que o universo literário ainda é uma grande referência da série. Com isso, a lista com 339 títulos compilados pelo escritor australiano Patrick Lenton – que deu origem ao desafio de leitura da série – agora soma pelo menos 6 títulos não citados anteriormente (alguns livros do revival já haviam aparecido nas temporadas televisivas).

Vamos aos novos livros:

1. Trainspotting (Irvine Welsh)

No episódio inicial (Inverno) Lorelai usa como referência esse livro (também poderia ser o filme) para explicar como era o apartamento que Rory tinha alugado no Brooklyn (Nova Iorque).

2. The Life-Changing Magic of Tidying Up (Marie Konde)

Essa indicação de leitura foi feita a Emily para que ela tentasse arrumar sua vida após a morte de Richard, e ela decidiu que a pergunta principal do livro (“isso me traz felicidade?”) realmente devia ser sua guia.

3. “Consider the Lobster” (David Foster Wallace)

Quando Rory finalmente consegue um horário para conversar com o pessoal da revista de viagens Condé Nast, o editor menciona o ensaio “Consider the Lobster”, de David Wallace.

4. Wild (Cheryl Strand)

O livro mais importante mencionado no revival e um dos poucos que aparecem fisicamente talvez seja Wild. Seu impacto é tanto que Lorelai resolve fazer a viagem relatada na obra.

5. Tevya the Dairyman and the Railroad Stories (Sholem Aleichem)

Quando estão avaliando o musical sobre a história de Stars Hollow, Babette cita uma fala da peça teatral americana Tevya the Dairyman and the Railroad Stories.

5. I Feel Bad About My Neck and Other Thoughts in Being a Woman (Nora Ephron)

Na redação da Gazeta de Stars Hollow, enquanto conversa com a colega de trabalho Esther – que repete sempre o mesmo movimento ao arquivar papéis – Rory faz referência ao livro de Nora Ephron, no qual a autora conta como é ser uma mulher que está envelhecendo, incluindo as dores físicas do processo.

6. My Struggle (Karl Ove Knausgard)

No episódio final (Outono), Jess passa na casa de Lorelai e Luke para falar com o tio antes do grande dia e podemos vê-lo lendo um exemplar de My Struggle, do autor norueguês Karl Ove Knausgard.

Revival, livro de Stephen King, será adaptado para o cinema

0

20160204-revival-king

Davi Cardoso, no Cinema com Rapadura

Stephen King, o maior autor de terror das últimas 3 décadas terá mais um de seus livros adaptados para o cinema. “O Iluminado”, “Um Sonho de Liberdade”, “O Nevoeiro”, “1408”, “À Espera de um Milagre”, “Carrie – A Estranha”, “Conta Comigo”, “Cemitério Maldito”, Christine – O Carro Assassino”, “A Zona Morta”, “Louca Obsessão” e “O Apanhador de Sonhos” foram algumas de suas obras adaptadas e a mais recente, “Revival“, foi escolhida para vir aos cinemas.

Por causa disso, outro livro do Mestre do Terror, “A Dança da Morte”, teve sua produção adiada por tempo indeterminado. Segundo o Deadline, o roteirista/diretor Josh Boone (“A Culpa é das Estrelas”), responsável por ambas as produções, dará uma pausa no desenvolvimento de “The Stand” para se dedicar a “Revival”, que agora será seu próximo filme. O roteiro, inclusive, já foi finalizado e submetido a Universal.

O best-seller de 2014 trata de temas como vício, fanatismo e o outro lado da vida. A trama se passa em uma cidadezinha da Nova Inglaterra, mais de meio século atrás, e acompanha um pregador carismático, que perde sua fé quando sua esposa e filho são mortos em um trágico acidente. Desequilibrado, ele logo se torna obcecado no poder da cura através da corrente elétrica, experimento que o faz agir como Deus. Um jovem homem, com seus demônios próprios, acaba cruzando o caminho do pastor e começa a se beneficiar dos seus talentos, bem como de sua nova obsessão mortal.

Michael De Luca (“50 Tons de Cinza”) produzirá a adaptação de “Revival”. Josh Boone ainda pretende dirigir “A Dança da Morte”, mas a adaptação no momento segue com cronograma indefinido.

Stephen King volta ao terror em novo romance

0

‘Revival’ mostra reverendo que desenvolve poder de ressuscitar os mortos. Livro sai no Brasil em 2015

Stephen King em evento de divulgação de 'Doutor sono', continuação de 'O iluminado' - Francois Mori / AP

Stephen King em evento de divulgação de ‘Doutor sono’, continuação de ‘O iluminado’ – Francois Mori / AP

Breno Salvador em O Globo

RIO — Mestre do suspense, Stephen King não para de lançar novos livros. O autor de “O iluminado”, “Carrie, a estranha”, “À espera de um milagre” e a saga “A Torre Negra” agora lança nos EUA “Revival”, seu mais novo romance. Agora, ele retorna ao terror, gênero de alguns de seus livros mais conhecidos.

1Em “Revival”, que deve estrear no topo das listas dos mais vendidos (assim como os demais romances recentes de King), a história principal é dividida entre cerca de 50 anos. O garoto Jamie Morton e o reverendo Charles Jacobs criam uma relação profunda em 1962, quando se conhecem. O pastor usa um aparelho elétrico para curar doentes, e chega ao ponto em que consegue ressucitar os mortos — de onde nasce o suspense da história.

Como é de praxe, o romance se passa no estado do Maine, origem do autor e cenário de grande parte de seus livros. Segundo a Simon & Schuster, que publica o autor nos EUA, é a primeira vez nos últimos em que ele retoma o terror de “Carrie”, “O iluminado”, “A coisa” e outros clássicos.

Recentemente, King lançou mais um volume da saga “A Torre Negra”, a ação “Novembro de 63” (em que um professor volta ao tempo para impedir o assasinato de John F. Kennedy), o suspense fantástico “Doutor sono” (continuação de “O iluminado com um Danny Torrance crescido e dotado de poderes especiais) e os romances de crime “Joyland” e “Mr. Mercedes”.

Segundo o selo Suma de Letras, da Objetiva, “Revival” sai no Brasil em novembro do ano que vem. Outros lançamentos próximos são “Full dark, no stars”, uma coletânea de contos inéditos, “On writing”, ensaio sobre escrita e memórias do autor (ambos programados para abril) e “Joyland” (agosto).

King já lançou quase 60 romances, além de livros de contos e ensaios. Ele vendeu mais de 350 milhões de exemplares, no geral, e continua sendo adaptado para cinema e televisão.

Go to Top