Rússia prende bibliotecária ucraniana por estocar livros ‘extremistas’

  Processo foi aberto para investigar se ela incitava ódio étnico. Natalya Sharina, de 58 anos, é diretora da biblioteca.

Ler mais