Imagem: blog leiturinha

Cristina Danuta

 

A Leiturinha, maior clube de assinaturas dedicado a livros infantis, informou que houve um erro na divulgação de um edital que excluía livros que tivessem como tema fadas, bruxas, duendes e seres mágicos. No comunicado anterior, a Leiturinha havia informado que “não aceitaria a inscrição, por parte de editoras, de obras que apresentassem seres mágicos, como bruxas, fadas e duendes, como temática central na história”.

 

Em novo comunicado, foi informado que tudo não passou de um erro e que “inclusive eles já distribuiriam livros do gênero para seus assinantes”.

 

Veja abaixo o comunicado da Leiturinha:

“A Leiturinha, clube do livro infantil da PlayKids, vem se retratar, prestar esclarecimentos e se colocar à disposição em função do edital publicado em 04/02/2019.

Ao abordar a questão da exclusão de alguns temas em edital de projeto, a Leiturinha cometeu um erro. A curadoria não exclui bruxas, fadas e duendes, especialmente porque sabe-se da importância do imaginário e destes seres mágicos na literatura infantil. Inclusive, o clube já enviou livros como “Os Convidados de Senhora Olga”, “Os Moomins”, “Para Que Serve Um Livro?” e vários outros.

A intenção da Leiturinha é respeitar a diversidade de crenças, valores e culturas dentro de seleções surpresa enviada para milhares de famílias. Refletindo sobre a questão, foi publicada uma nova versão do edital, com a reformulação deste tópico.

Com todo respeito e compromisso que a Leiturinha tem com a liberdade de criação e expressão, o clube se coloca à escuta sensível para evolução do nosso trabalho na missão de enriquecer momentos em família e se coloca à disposição para esclarecimento de dúvidas.”

 

Com informações de Babel