Posts tagged Stephen King

Milha 81 | Livro de Stephen King será adaptado por diretor de Clinical

0

Stephen King signs the copies of his book ‘Rivival’ at Barnes & Noble Union Square in New York City on November 11, 2014.

Bruno Tomé, no Observatório do Cinema

Mais uma obra de Stephen King ganhará as telonas. Dessa vez, o suspense adaptado será Milha 81. A informação é do Deadline.

A produção ficará por conta de Ross M. Dinerstein, que recentemente trabalhou em 1922, outra adaptação de Stephen King, mas para Netflix. Já a distribuição ficará com a Paradigm.

A direção fica com o jovem Alistair Legrand, conhecido por Clinical. O roteiro é do cineasta com Luke Harvis. Os dois escreveram The Diabolical juntos.

A produção está agendada para começar na primavera deste ano. O elenco ainda não foi anunciado.

Milha 81 se passa ao redor de uma distante pousada. A história segue Pete, um garoto de 12 anos, seu irmão e um grupo de estranhos que precisam fugir de uma misteriosa força.

A adaptação ainda não tem previsão de estreia.

The Outsider | Elenco da série é anunciado

0

Divulgação

Ainda não existe data de lançamento para a série.

Denyson Hernani, no Jornada Geek

Ganhando novidades aos poucos, a série The Outsider volta a ser destaque na mídia. E assim, novos nomes anunciados ao seu elenco.

Segundo informações do SpoilerTV, os atores Cynthia Erivo (As Viúvas), Bill Camp (The Looming Tower), Mare Winningham (American Horror Story), Paddy Considine (Peaky Blinders), Julianne Nicholson (Eyewitness), Yul Vázquez (Narcos), Jeremy Bobb (The Knick) e Marc Menchaca (The Sinner) são confirmados no elenco regular da adaptação de Stephen King.

Ben Mendelsohn viverá Ralph Anderson, o detetive investigando o caso do assassinato; Cynthia Erivo interpreta a investigadora Holly Gibney (uma personagem dos romances de Stephen King no Mr. Mercedes) que se junta a Ralph ao caso; Bill Camp interpreta Howie Gold, um advogado; Mare Winningham interpreta Jeannie Anderson; Paddy Considine interpreta Claude Bolton, uma testemunha no caso; Julianne Nicholson interpreta Mercy Maitland, a esposa do acusado; Yul Vazquez interpreta o detetive da polícia estadual Yunis Sablo; Jeremy Bobb interpreta Alec Pelley; Marc Menchaca interpreta Jack Hoskins, um rival de Ralph; Hettienne Park aparece como Tomika Collins; Michael Esper retorna como Bill Samuels.

Na trama do livro, Terry Maitland, um dos cidadãos mais célebres de Flint City. Um treinador da Little League, professor de inglês, marido e pai de duas meninas, Maitland é preso na frente de todos e acusado do grotesco assassinato de um menino de 11 anos. Mesmo que Maitland tenha um álibi concreto – ele estava em uma conferência e foi visto por testemunhas, seu DNA foi encontrado na cena do crime junto com impressões digitais.

Ainda não existem informações sobre elenco, filmagens, ou data de lançamento de The Outsider.

A Metade Sombria | Livro de Stephen King será relançado no Brasil

0

Parte de coleção dedicada ao autor

Cesar Gaglioni, no Jovem Nerd

A editora Suma anunciou que vai relançar o livro A Metade Sombria, de Stephen King, no Brasil. O romance, publicado em 1989, chegará em capa dura, como parte da coleção Biblioteca Stephen King.

A Metade Sombria gira em torno de Thad Beaumont, um escritor de livros de terror que assina com o pseudônimo George Stark. Após sua identidade ser revelada, ele encena um funeral falso para Stark. Porém, dias depois, seu alterego assume uma forma física e sai do túmulo, sedento por vingança. Confira a capa:

Em 1993, o cineasta George Romero (Madrugada dos Mortos) lançou uma versão cinematográfica do livro. O romance estava esgotado nas lojas brasileiras há anos.

O lançamento da nova edição acontece em março.

Stephen King salva seção literária de periódico local dos EUA

0

Publicado no EM

Um jornal local queria acabar com a crítica literária para cortar custos, mas o escritor Stephen King conseguiu, com alguns poucos tuítes, salvar a seção ameaçada, um final feliz na luta pela sobrevivência vivida por muitos meios de comunicação americanos atingidos pela crise.

O caso começou na sexta-feira, quando Stephen King, mestre da literatura de terror e fantástica, anunciou que o Portland Press Herald, um dos principais jornais do Maine, onde mora, iria acabar com a sua seção dominical dedicada aos livros escritos por autores deste pequeno estado fronteiriço com o Canadá.

“Diga ao jornal que NÃO FAÇA ISSO”, tuitou o bem-sucedido escritor de 71 anos, que se tornou famoso com livros como “Carrie a Estranha” e “O iluminado”, levados, inclusive, ao cinema.

Muitos escritores locais “dependem destas críticas para sobreviver”, continuou.

Mais de 8.000 de seus fãs fizeram a mensagem se espalhar. A direção do jornal, que emprega 70 jornalistas, reagiu desafiando-o a ajudá-la a encontrar novos assinantes para compensar os “milhares de dólares” que a seção lhe custa, escrita em sua maioria por profissionais que trabalham por matéria.

“Se conseguir convencer mais de 100 dos seus fãs a assinar a edição digital, iremos reincorporar imediatamente as resenhas de livros”, tuitou o jornal, que tem menos de 10.000 assinantes digitais.

Nesta segunda-feira, o objetivo de 100 assinaturas – a um custo de 15 dólares por 12 semanas – se espalhou amplamente: “Obrigado a todos que assinaram o Press Herald”, escreveu Stephen King. “Salvaram o dia. Existem países onde as artes são consideradas vitais. Infelizmente, este não é um deles”, declarou.

Cliff Schechtman, editor do jornal, afirmou que o periódico havia coletado “quase 250 novos assinantes” graças a essa iniciativa.

“Quando alguém como Stephen King se envolve, com mais de cinco milhões de seguidores no Twitter, sabíamos que teria um impacto, e nos questionamos como poderíamos usar a sua influência para apoiar o jornalismo local”, disse à AFP por telefone.

“As pressões financeiras não se reduziram até agora, o setor vive mudanças consideráveis, mas, neste caso, teve um final feliz”, disse.

Embora todos os meios de comunicação tenham perdido renda com o crescimento das redes sociais e da disponibilidade de grande quantidade de informação gratuita na Internet, os jornais locais, com recursos limitados, se veem particularmente afetados e, muitas vezes, lutam para sobreviver.

Uma das histórias mais perturbadoras de Stephen King ganha filme pela Netflix

0

Victor Tadeu, no Desencaixados

Com acordo firmado desde agosto do ano passado, um dos atores mais renomados do mundo em quesito terror e horror estará lançando mais uma adaptação de sua história pela Netflix. In the Tall Grass é o próximo título do escritor junto com Joe Hill, seu filho, a ser lançada pela plataforma de streaming.

Contando com Patrick Wilson (“Conjuring”), Laysla De Oliveira e Harrison Gilbertson no elenco, o filme conta a história de um irmão e uma irmã na fase da adolescência realizando uma viagem de carro. Porém, entram em uma alta mata para ir até um auxílio de meninos coisas estranhas começam a acontecer, o tempo e o espaço misteriosamente tornam-se diferentes por uma força desconhecida.

Esta história de Stephen King conta com a colaboração do seu filho Joe Hill, a data de estreia está agendada para ser este ano.

A produção já afirmou que este pretende ser um dos longas mais perturbadores do escritor, inclusive Vincenzo Natali, o diretor da adaptação, revelou para um site estrangeiro que o filme torna-se aterrorizante pelo fato de a grama ser um labirinto e, ao mesmo tempo, guardar tantos segredos inimagináveis.

Além disso, ele também afirmou que esta é uma das histórias mais agoniante de King, pois nunca imaginou que grama poderia dar tanto medo como sentiu durante a leitura da história, mesmo ele tendo muito conhecimento e experiência na área.

Com um elenco de sucesso e mais uma parceria produtiva com a Netflix, In the Tall Grass pretende ser mais uma adaptação cinematográfica de sucesso do escritor em parceria com a plataforma de streaming.

Stephen King teve outras histórias adaptadas pela empresa, sendo elas Jogo Perigoso e 1922.

Go to Top