Posts tagged Stephen King

‘O Iluminado’ vai ganhar sequência com diretor de ‘Jogo Perigoso’

0

Renato Marafon, no CinePop

Com o sucesso de ‘It – A Coisa‘, os filmes baseados nos livros de Stephen King voltaram a ganhar destaque.

Pensando em ter mais um sucesso em mãos, a Warner Bros. acaba de dar sinal verde para a continuação de ‘O Iluminado’, intitulada ‘Doutor Sono‘.

Segundo o Deadline, o estúdio contratou o diretor Mike Flanagan, de ‘Jogo Perigoso‘ e ‘Ouija: Origem do Mal‘, para comandar a produção.

O filme será uma adaptação do livro ‘Doctor Sleep‘, lançado em 2014.

A história mostra o que aconteceu a Danny Torrance trinta anos depois de sua terrível experiência com o pai (vivido por Jack Nicholson no original) no Overlook Hotel. Em Doutor Sono, Stephen King dá continuidade a essa história, contando a vida de Dan, agora um homem de meia-idade, e Abra Stone, uma menina de 12 anos com um grande poder.

Além deste projeto, a Warner Bros. continua trabalhando na pré-sequência de ‘O Iluminado‘ (The Shining), intitulada ‘The Overlook Hotel‘, que pode ter o diretor Mark Romanek (‘Retratos de uma Obsessão’, ‘Não Me Abandone Jamais’) no comando.

Torre Negra | Saga de livros de Stephen King vai virar série para a televisão

0

As filmagens acontecem ainda essa ano.

Marta Brod, no Cinema com Rapadura

A saga de livros “A Torre Negra”, do autor Stephen King , vai virar uma série para a televisão. Segundo o Omega Underground, as filmagens devem acontecer entre junho e agosto de 2018, com locações na Irlanda e no Reino Unido.

Stephen King já havia comentado que o novo projeto não se baseará no filme feito em 2017:

“A série de TV que estão desenvolvendo… Nós teremos que ver o que acontecerá com ela. Seria tipo um reboot por completo, então teremos apenas que esperar”.

A série, que ainda não tem previsão de estreia, deverá ser um reboot da história, tendo entre 10 a 13 episódios. Mais informações sobre roteiro e o elenco ainda não foram revelados. Até o momento, nenhum estúdio de TV oficializou a transmissão do seriado. No último ano, a saga foi adaptada para o cinema, sendo estrelada pelos atores Idris Elba (“Thor Ragnarok“) e Matthew McConaughey (“Ouro“).

Manuscritos de Stephen King e primeiras edições são perdidas após inundação nos EUA

1

Livraria ficou praticamente destruída. (Foto: Divulgação)

Rompimento de duas tubulações foi a responsável por inundações em Bangor

Fernando Rhenius, no Vavel

Manuscritos e primeiras edições de Stephen King foram perdidas após tubulações de água se romperem no município de Bangor, Maine nos Estados Unidos. Os documentos eram do colecionador Gerald Winters.

Proprietário de uma livraria especializada em materiais raros de Stephen King, o acervo continha manuscritos, e primeiras edições. De acordo com o site Bangor Daily News, a coleta das obras demorou mais de 20 anos para ser concluída.

A sorte de Gerald mudou nesta terça-feira, 16, quando tubulações subterranêas inundaram as principais ruas do centro da cidade, onde estava localizada a livraria. Foram perdidos mais de 2 mil livros, edições assinadas, cartas, livros traduzidos e sete manuscritos originais de Stephen King, incluindo “O Cadillac de Dolan”, presente no livro Pesadelos e Paisagens Noturnas 1, “Caminhões”, que faz parte do livro Sombras da Noite. Também foram perdidos os manuscritos de “Os olhos do Dragão”, obras assinadas de JRR Tolkien e George RR Martin.

Subsolo da livraria. (Foto: Divulgação)

Há uma primeira edição de” Cemitério Maldito“, disse Gerald, apontando para o livro encharcado. Além de várias caixas boiando no porão. Aproximadamente 90% do acervo foi perdido. De acordo com a prefeitura local foram duas quebras de tubulação nesta terça-feira, uma na Avenida Maine e outra na Universidade do Maine.

O próprio King ficou perplexo com a perda dos manuscritos. “Estou horrorizado. Como amante dos livros, meu coração se dirige a ele “, disse King ao jornal Bangor Daily News na quarta-feira. “Eu eventualmente vou ver se eu posso ajudar de qualquer maneira”.

Suma revela quais livros de Stephen King vai lançar em 2018

0

(Foto: Divulgação)

Editora lança os inéditos The Outsider e Gweendy’s Button, além de reedições de A Incendiária e Celular

Fernando Rhenius, no Vavel

A Editora Suma revelou nesta sexta-feira, 5, quais livros de Stephen King serão lançados em 2018. Assim como em 2017, obras inéditas e relançamentos, estarão nas livrarias. A biblioteca SK terá A Incendiária. Celular receberá uma reedição, enquanto os inéditos The Outsider e Gweendy’s Button Box estão confirmados. Confira abaixo detalhes de cada livro.

A Incendiária (Biblioteca SK)

Publicado pela primeira vez em 1980, a história se passa em cima de Andy McGee, sua esposa Vicky que passaram por experiências quando jovens. Da união do casal nasceu Charlene. “Charlie” acaba adquirindo o poder de atear fogo em tudo e em todos, o que acaba trazendo mais problemas do que benefícios.

Por conta disso, acaba chamando a atenção de uma sociedade secreta intitulada “Oficina” que usa humanos que tenham algum poder. Tentando salvar a filha, Andy passa pelas mais diversas situações.

O livro ganhou uma adaptação para o cinema em 1984.

Celular (Reimpressão)

Clay Riddell está em Boston, falando com seu filho ao celular quando o mal começa a trabalhar. Controlada por uma força, todos que usam celular acabam se tornando zumbis, matando tudo o que veem pela frente. O caos está instaurado. Poucas pessoas que não estavam usando, seu aparelho telefônico ficam imunes. O livro ganhou um adaptação com John Cusack e Samuel L. Jackson, mesmo dupla de 1408, outra obra baseada no trabalho de King, presente no livro “Tudo é Eventual”.

The Outsider

Com lançamento previsto nos Estados Unidos no dia 22 de maio, o livro narra os desdobramentos , quando o corpo de um menino de 11 anos é encontrado no parque da cidade. Após investigações e coleta de impressões digitais a polícia chega a Terry Maitland, treinador da Liga da Meninas, professor, marido e pai de duas meninas. Uma pessoa bem relacionada na comunidade.

Coube a Ralph Anderson detetive e conhecido de Maitland, já que seu filho foi um dos alunos do professor, resolver o caso. Ralph manda prender o suspeito de forma rápida e para muitos arbitrária. Mesmo com um álibi, amostras de DNA e as digitais botam por terra os argumentos do professor. Testemunhas garantem que Maitland é culpado.

A investigação avança, fatos terríveis começam a aparecer. Terry Maitland é realmente o bom moço e exemplo para a cidade? Existe um outro lado?

O livro já está em pré-venda no site da Amazon e conta com 576 páginas.

Gweendy’s Button Box

Castle Rock, é conhecida dos leitores de Stephen King. A cidade fictícia localizada no Maine, já esteve e livros como “A Zona Morta”, “Cujo”. A localidade, também esteve presente no filme Stand By Me (Conta comigo).

É neste cenário que se ambienta Gwendy´s Button Box. O novo livro de King e Richard Chizmar. Gwendy Paterson, uma jovem de doze anos, assim como todos os moradores da cidade, sabe que algo estranho ronda a localidade. Em especial no Castelo, que fica na rua 117, em Pleasant Road. Um dos principais imóveis da cidade.

Suicídios, e um estranho “homem de preto”, botam mais suspense em um enredo cheio de mistério. É esperado que personagens de outros livros de King, façam parte da nova trama

Stephen King aponta principal motivo para o fracasso de ‘A Torre Negra’

0

Torre-Negra

Publicado no Cineset

Stephen King não é muito acostumado a gostar das adaptações cinematográficas de suas obras. Que o diga Stanley Kubrick com “O Iluminado”. Mas, criticar “A Torre Negra” passa longe de ser difícil, afinal, a produção estrelada por Matthew McConaughey e Idris Elba fracassou nas bilheterias e é considerada uma das piores do ano pela imprensa especializada.

Em entrevista ao site da Entertainment Weekly, Stephen King explicou qual foi o principal motivo do filme dirigido por Nikolaj Arcel não ter funcionado: a baixa classificação indicativa. “O problema real, no que me diz respeito, para este filme foi a posição do estúdio de querer fazer um filme PG-13 (recomendado para maiores de 13 anos). Eles quiseram fazer um filme para todo mundo, queriam a certeza de atrair pessoas desde 12 anos até 35. É o que queriam”, declarou o escritor, acrescentando que tal decisão tirou a dureza da trama e perdeu o senso de ineditismo que o projeto poderia ter.

Outra escolha errônea na visão de Stephen King foi decidir iniciar o filme pelo meio do livro. “Eu pensei comigo mesmo: ‘bem, as pessoas vão ficar realmente confusas com isso’. Então, sim, também houve problemas desse tipo”, disse. Segundo o escritor, ele chegou a procurar a Columbia Pictures para questionar e alertar sobre o fato, mas, o estúdio seguiu em frente com a decisão.

“A Torre Negra” mostra o pistoleiro Roland Deschain percorrendo o mundo em busca da famosa Torre Negra, prédio mágico que está prestes a desaparecer. Essa busca envolve uma intensa perseguição ao poderoso Homem de Preto, passagens entre tempos diferentes, encontros intensos e confusões entre o real e o imaginário. Baseado na obra literária homônima de Stephen King.

Go to Top