Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged TCC

16 dramas que todo universitário enfrenta fazendo o TCC

0

AVISO: Neste 1 ano é capaz que você perca um pouco (ou muito) da sua sanidade física e mental

Luisa Celiberto, no Terra

Você achava que entrar na faculdade era difícil – até que você descobriu como é muito mais difícil sair! Afinal, para se formar você só precisa (entre outras coisas) desenvolver um super projeto científico, diferente de tudo que já foi produzido na área! Fácil, né? Pois é, estamos falando aqui do TCC – o terror da vida de todo universitário !

tcc
Ah, o TCC…
Foto: Reprodução / ObaOba

Quem já está fazendo, entende a dimensão do terror de que estamos falando aqui. Quem já fez, arrepia só de lembrar! E quem ainda vai fazer, se prepare porque não é tranquilo, nem favorável. Dá uma olhada nesses 16 dramas que todo universitário enfrenta fazendo o TCC pra você se identificar:

1. Tudo começa com a escolha do seu tema: só precisa pensar em algo que nunca se foi pensado antes, básico.

142sxab

Foto: ObaOba

2. E isso com a leve pressão de que esse é o trabalho mais importante da sua graduação, que deve resumir todos os seus conhecimentos.

2sbod35

Foto: ObaOba

Ainda muito básico.

3. Sabe aquela piadinha de que TCC na faculdade é: Truco, Cerveja e Churrasco?

b5sn4k

Foto: ObaOba

Então… A realidade é um pouquinho nada a ver com isso.

4. Aí você consegue escolher um tema e agora precisa escolher seu orientador ♥

5. Mas é lógico que o professor que você quer já está cheio de projetos – e, eventualmente, você pode cair com um orientador nada a ver.

2ljrvpc

Foto: ObaOba

6. Ou com aquele professor que, no fundo, você sabe que te odeia .

30rwsr4

Foto: ObaOba

7. Aí vem a dúvida: projeto individual (onde você faz tudo sozinho) ou em grupo (onde você faz quase tudo sozinho, porque muita gente acaba não fazendo nada)?

8. Você pode até ter um trabalho bom, mas (óbvio) que tem que complicar – aí criaram a ABNT !

2mpg6yp

Foto: ObaOba (mais…)

Parlamentares querem estabelecer lei que obriga divulgação de trabalho de conclusão de curso

0

Senadores discutem alteração na LDB para evitar plágio e coibir a venda de monografias

47hup9g1mv_8axdpjcq6p_file
Para evitar plágio e coibir a venda de monografias, projeto de lei altera a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) para determinar o caráter público de trabalhos acadêmicos de conclusão de curso superior. O PLS 199/2012, do senador Blairo Maggi (PR-MT), está pronto para ser votado na CE (Comissão de Educação, Cultura e Esporte), em decisão terminativa.

A divulgação obrigatória, conforme a proposta, deverá ocorrer “após a devida avaliação e eventuais aperfeiçoamentos de seu autor, nos prazos estipulados nos regimentos das instituições de ensino”.

De acordo com o autor, tem havido displicência na divulgação dos trabalhos acadêmicos de conclusão de curso, o que alimenta “práticas abusivas e desonestas de compra de monografias e plágio”.

Ele observa que a ampliação do acesso à internet facilitou tais práticas, colocando em dúvida a lisura dos processos de avaliação final dos estudantes de graduação e ofendendo professores e alunos “que se esforçaram para desenvolver seus trabalhos de forma honrada”.

O relator, senador Cícero Lucena (PSDB-PB), acredita que a medida resultará em maior comprometimento dos alunos na elaboração das monografias e em maior envolvimento dos orientadores, “uma vez que seus nomes serão vinculados aos trabalhos finais publicados”.

Cícero, no entanto, fez emendas ao projeto para alterar ainda a Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/1998). Ele propõe explicitar que o direito de manter a obra inédita não abriga os trabalhos que constituem requisito para a obtenção de graus acadêmicos. Também acrescenta dispositivo à lei afirmando que a publicação desse tipo de trabalho pelas instituições de ensino superior não ofende o direito autoral.

Outra emenda do relator inclui na LDB a ressalva de que a publicação dos trabalhos acadêmicos não é obrigatória nos casos de sigilo amparado em lei. “Cuida-se aqui de projetos de pesquisa que envolvam informações de interesse industrial ou comercial, ou ainda temas sensíveis à segurança do Estado e da sociedade”, afirmou Cícero Lucena.

Se for aprovado pela CE, o projeto seguirá direto para a Câmara dos Deputados, a menos que haja recurso para votação no Plenário do Senado.

Fonte: R7

Go to Top