Contando e Cantando (Volume 2)

Posts tagged Ter Encontrado

Documento inédito revela ‘desgraça’ de Maquiavel

0

Publicado por BBC Brasil

Ordem de prisão de Maquiavel levou a sua detenção, tortura e influenciou obra do autor, diz analista

Ordem de prisão de Maquiavel levou a sua detenção, tortura e influenciou obra do autor, diz analista

Um professor da Universidade de Manchester (Grã-Bretanha) anunciou ter descoberto a versão original de uma ordem de prisão do escritor e filósofo Nicolau Maquiavel (1469-1527), autor do famoso livro O Príncipe.

O professor Stephen Milner explicou à BBC ter encontrado o documento, datado de 1513, durante suas pesquisas para entender como as informações circulavam nas cidades da época.

E a ordem pela prisão de Maquiavel foi dada há exatos 500 anos na cidade de Florença, onde o pensador, então influente e ativo na diplomacia da época, foi acusado de fazer parte de uma suposta conspiração para derrubar a facção Medici do poder.

O aviso de “procurado” colocou-o como “inimigo público número 1”, marcou sua “desgraça” e acabou sendo muito importante para a obra de Maquiavel, segundo Milner. No mesmo dia, diz o professor, o pensador acabou sendo detido, torturado e mantido em prisão domiciliar.

“O documento marcou a desgraça de um dos escritores políticos mais influentes do mundo”, relata o professor. “O Príncipe foi escrito (no mesmo ano) na vã esperança de (Maquiavel) cair nas graças e obter emprego com os Medici – mas não há nenhuma prova de que eles sequer o tenham lido.”

Clássico

Maquiavel morreu 14 anos depois, na pobreza.

Mas O Príncipe se tornou um clássico e até hoje influencia líderes, “pregando o sacrifício da virtude e da moralidade pela manutenção do poder a todos os custos”, ressalta a Universidade de Manchester.

“(A obra) foi atualizada para ser aplicada em áreas como bancos, finanças, negócios e política.”
Daí vem o termo “maquiavélico”.

Para Milner, O Príncipe é um “manual atemporal de auto-apresentação e de gerenciamento de reputação pessoal”.

Brasileiro acha mais de US$ 20 mil escondido em livro e busca dono

0

Publicado no Jornal Dia a Dia

O brasileiro Carlos, de Ipatinga, Minas Gerais, afirma ter encontrado entre US$ 20 mil (R$ 41 mil) e US$ 30 mil (R$ 62 mil) em dinheiro enquanto visitava uma loja de reciclagem nos EUA e que aguarda contato do dono da quantia.

Em conversa por telefone com o G1 nesta segunda-feira (19), Carlos, que prefere que seu sobrenome não seja divulgado, disse que trabalha limpando residências em Marlborough, no estado de Massachusetts, e relata que tem “uma vida tranquila”. “US$ 20 mil iam me ajudar? Claro que sim. Não sou milionário, muito menos rico”, conta.

Carlos visitava o estabelecimento da cidade próxima de Wellesely no dia 12 de outubro para abastecer sua coleção de revistas sobre natureza – na loja, é possível trocar ou pegar itens antigos que iriam para a reciclagem.

“Quando encontrei o livro, saí correndo para o carro”, disse. “Minha mulher quase teve um troço”, conta.

Ele relata que gostaria de devolver o dinheiro e ponderou o que fazer. Ele entrou em contato com a polícia e com um advogado, que disseram que, como o valor estava em dinheiro, o brasileiro teria direito a ele 30 dias após a ocorrência ser registrada.

O mineiro também entrou em contato com a imprensa local, que fez matérias e divulgou o e-mail dele.

Ele conta que os filhos só souberam do dinheiro por meio da repercussão da mídia. “Fiz isto para não deixar eles com esperança” (de ficar com o dinheiro), conta.

Go to Top