Produtor decide criar um vinho baseado nas referências de Game of Thrones

Publicado na Revista Adega

O enólogo Thibault Bardet, da Vignobles Bardet, em Saint-Émilion, resolveu pesquisar como o vinho Dornish, da série televisiva Game of Thrones, seria realmente. Ele se baseou em como ele é descrito nos livros, assim como a sua região produtora, a árida Westeros, é retratada na série.

“O projeto começou depois de assistir a um episódio de Game of Thrones com um amigo. Achamos que seria muito interessante ter a possibilidade de beber o vinho Dornish. Infelizmente, depois de algumas pesquisas, descobri que não havia um vinho como esse. Então decidi fazer o meu próprio vinho”, afirmou o enólogo. “No programa de TV, eles não falam muito sobre o sabor do vinho Dornish, mas no livro há muitas descrições sobre ele. Depois de ler todos os livros, eu tinha mais de 40 páginas de informações. As principais eram: frutado, poderoso, mas fácil de beber, e com intensa cor escura”.

Para Thibault e seu pai, Philippe, essa descrição contemplava a Merlot. Uma vez que conseguiram a uva, eles sabiam que a vinha precisaria se originar em solos arenosos, para imitar o terreno da península fictícia que é Dornish; assim um verão quente e seco em Bordeaux, em 2016, deu a eles o clima apropriado.

O resultado não é um, mas dois vinhos feitos no estilo Dornish: Dornish Wine Castillon Côtes de Bordeaux Red 2016 e The Imp’s Delight St-Émilion Red 2016. Este último – nomeado em homenagem ao vinho que Tyrion (um dos personagens da série) espera um dia fazer quando se aposentar – é vinificado sem sulfitos, como Thibault acha que provavelmente o vinho Dornish teria sido feito naqueles dias míticos.