Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged volta às aulas

Volta às aulas: 7 passos para ajudar seu filho a ter um ano excelente

0

aula

Andrea Ramal, no G1

Para muitas famílias, a volta às aulas é também o retorno de uma série de preocupações. As primeiras notas serão boas? E se não forem, como recuperar isso, antes de virar uma bola de neve?

Aqui você encontra um miniguia com sete passos para ajudar seu filho a construir, desde já, uma trajetória escolar excelente. Vale sobretudo para estudantes do ensino fundamental, período em que a participação dos pais na escola é decisiva.

1. PLANO DE TRABALHO DIÁRIO
Elabore, junto com seu filho, um plano de trabalho diário. Reserve os melhores horários do dia para as atividades escolares. Fazendo isso agora, a matéria não ficará acumulada para as vésperas das provas. Assim o estudante retoma o ritmo logo no primeiro mês.

2. CONFIRA AS LIÇÕES TODO DIA
Olhe os deveres de casa todos os dias. Entenda isso como algo tão inegociável quanto escovar os dentes. Essa rotina favorece o compromisso das crianças com as tarefas da escola, além de funcionar como um espelho para saber como seu filho está avançando.

3. INVERTA A SALA DE AULA
Inverta a sala de aula. Funciona assim: o aluno lê ou assiste a explicações em casa e, desta forma, chega mais preparado para entender o conteúdo e esclarecer dúvidas com seu professor. Você não precisa ensinar nada, conte com os recursos que a internet oferece, como videoaulas e blogs. Peça orientação da escola para esse método.

4. AMPLIE O REPERTÓRIO
Amplie o repertório cultural do seu filho. Estudantes que frequentam museus, assistem e debatem filmes, vão ao teatro, têm aulas de música ou leem livros com frequência (entre outras atividades desse estilo) costumam ter mais facilidade na leitura e interpretação de textos e, em consequência, elevam o desempenho escolar.

5. XADREZ E QUEBRA CABEÇAS
Desenvolva competências ligadas a autodisciplina e foco. Muitos pais reclamam que seus filhos parecem hiperativos ou que não conseguem se concentrar. Há práticas que estimulam essas disposições mentais, como por exemplo o xadrez e os quebra-cabeças, para potencializar a concentração, ou os esportes, para fomentar a autodisciplina.

6. SEJA UM TREINADOR/ORIENTADOR
Atue como um coach. As empresas se valem deste perfil para melhorar o desempenho de seus colaboradores e ajudá-los a crescer na carreira. Seu papel é colaborar no alcance de metas com planos de ação, despertando qualidades às vezes desconhecidas. Como nas equipes esportivas, o coach é uma espécie de “treinador”: conhece fraquezas e potencialidades, encoraja cada membro da equipe para que ele se torne um protagonista e faça suas escolhas. Os pais são nossos maiores coaches!

7. CONVERSE COM A ESCOLA
Mantenha diálogo permanente com a escola. Não espere as reuniões de pais. Procure saber como foi o período de adaptação na volta às aulas (sobretudo em casos de mudança de colégio), peça orientação quando perceber que algo não vai bem e fique atento se seu filho não estiver motivado. Receber uma educação de qualidade é um direito da criança, seja na escola pública ou particular. Se isso não ocorrer, cobre melhorias.

aula2

(FOTOS: Volta às aulas em 2016 foi tema de piadas no Twitter. CRÉDITOS: Reprodução/Twitter)

Volta às aulas: saiba como se readaptar à rotina de estudos

0

Da Educação Infantil ao Ensino Médio, especialistas apontam como tornar o retorno mais tranquilo para os alunos

Publicado no Terra

Para a maioria dos estudantes brasileiros, julho é sinônimo de férias escolares. Com exceção de algumas cidades, como Salvador e Natal, que tiveram seus recessos de inverno entre o final de junho e início de julho, o fim do mês representa a volta à rotina de estudos. Deixar as brincadeiras, os jogos, o tempo a mais de sono, a disponibilidade para encontrar amigos e familiares pode ser difícil, tanto para as crianças da Educação Infantil quanto para os adolescentes do Ensino Médio. Confira, a seguir, dicas para ajudar na readaptação nos diferentes níveis.

Na Educação Infantil, é importante que os pais passem aos filhos que a vida não é só férias Foto: iStock

Educação Infantil
A neurocientista e autora dos livros Neurociência e os Transtornos da Aprendizagem (Wak, 2011) e Fundamentos Biológicos da Educação (Wak, 2005), Marta Relvas, explica que o descanso é importante para os pequenos, mas não é preciso abandonar a disciplina nas férias. Muitas vezes, a volta às aulas pode ser difícil, pois a criança percebe que terá que dividir brinquedos e obedecer as regras da escola. “Os pais precisam passar para os filhos que a vida não é só férias”, afirma.

É interessante que a disciplina e a rotina de estudos comecem a ser formadas desde a Educação Infantil. Uma dica para facilitar a readaptação é, cerca de cinco dias antes de retomar as aulas, começar a organizar o material escolar, falar sobre o assunto com a criança, regrar o tempo de brincadeiras e o sono.

Marta também lembra que a escola tem papel importante na readaptação: “É preciso ter atividades que sejam motivadoras e lúdicas, para que a criança queira voltar. Costumo dizer que os professores são agentes responsáveis por despertar a neurotrofina nos estudantes, substância da novidade e motivação”.

A saudade da família também afeta os alunos menores. Para lidar com esta situação, Denise Tinoco, pedagoga e professora de pedagogia da Universidade Estácio de Sá, sugere que, nas primeiras semanas depois das férias, a escola faça algumas atividades que envolvam a presença de algum familiar ou que convidem os pequenos a relembrar e falar sobre os momentos agradáveis que tiveram durante o recesso.

 As crianças que estão no Ensino Fundamental são as mais difíceis de se readaptar às aulas depois das férias Foto: iStock

As crianças que estão no Ensino Fundamental são as mais difíceis de se readaptar às aulas depois das férias
Foto: iStock

Ensino Fundamental
Segundo Marta, os estudantes do Ensino Fundamental são os que têm mais resistência a voltar. Nessa fase, eles são inquietos, gostam de brincadeiras ao ar livre, jogos eletrônicos e já acessam a internet. A sala de aula significa que eles terão que se afastar um pouco do mundo digital e de outras atividades que gostam de fazer. Uma dica para os pais é, alguns dias antes da volta às aulas, começar a controlar o acesso à internet e aos jogos eletrônicos, fazendo com que ele lembre que logo terá que reservar um tempo para os estudos novamente.

“Os pais devem ficar um pouco mais de fora, mas observando atentamente, para que os filhos tenham mais autonomia e responsabilidade”, afirma Marta. Ela explica que um mural ou agenda, no qual o aluno coloca os dias de provas, horários de estudo e atividades extraclasse, pode ajudar na organização escolar e no retorno às aulas. “Ele precisa se sentir acolhido e desejado. Fazer jogos fora da sala de aula e deixar a criança se expressar em atividades podem ser estratégias interessantes na primeira semana de aula”, afirma Denise. (mais…)

Go to Top