PRAÇAS DA CIDADE

Flip em detalhes: saiba mais sobre a 15ª edição da Festa Literária de Paraty

0
Praca da Igreja Matriz, em Paraty - Monica Imbuzeiro / Agência O Globo

Praca da Igreja Matriz, em Paraty – Monica Imbuzeiro / Agência O Globo

Edição de 2017 terá mais autoras e autores negros e orçamento menor

Publicado em O Globo

Abertura: O evento começa hoje, às 19h15m, com a sessão “Lima Barreto: triste visionário”. A historiadora e antropóloga Lilia Moritz Schwarcz vai apresentar uma aula-espetáculo sobre o autor homenageado, com participação de Lázaro Ramos. A direção de cena é de Felipe Hirsch. Às 21h30m, o pianista André Mehmari fará a primeira audição de sua “Suíte Policarpo”

Menos dinheiro: Neste ano, o orçamento da festa foi reduzido para R$ 5,7 milhões, contra R$ 6,8 milhões em 2016. O valor engloba atividades desenvolvidas ao longo de todo o ano em Paraty

Menos público: A capacidade do Auditório da Matriz, como foi rebatizada a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, é de 450 lugares. Há mais 700 cadeiras no Auditório da Praça, onde haverá um telão com transmissão ao vivo e tradução simultânea. A antiga Tenda dos Autores tinha capacidade para 850 pessoas

Mais editoras: 56 casas participam da festa (a conta foi feita a partir das obras publicadas pelos autores convidados)

Mais mulheres: São, no total, 46 autores convidados para a Flip, sendo 24 mulheres e 22 homens (é primeira vez em que o número de mulheres é maior que o de homens)

Mais negros: 30% dos autores convidados são negros; entre eles, os brasileiros Conceição Evaristo e Lázaro Ramos, o americano Paul Beatty e o jamaicano Marlon James

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Planejamento de estudos: veja, estudar bem não quer dizer que você deve estudar muito

0

direito-oab-concursos-estudando-muito

Publicado no Amo Direito

Atualmente o que mais vemos hoje em dia é o problema das pessoas não conseguirem estudar tudo que deveriam pelo fato do assunto da prova ser extremamente grande e por muitas das vezes chato. Entretanto, esse problema pode ser facilmente resolvido através de um bom planejamento de estudos. Vou passar o meu e espero que seja útil para você e para seu desenvolvimento a partir de agora.

Estudar horas a fio prejudica mais do que ajuda
Quem nunca chegou em uma situação na qual tinha que deixar pra estudar absolutamente tudo em cima da hora, por ter acumulado o que poderia ter sido estudado durante os meses antecedentes à prova? E o pior, esses estudos arrasadores pouco nos ajudam, só aumentam nossa ansiedade e o medo de sair mal na bendita prova.

Os fatores para se acumular assuntos são diversos, nem sempre quem faz isso é por falta de responsabilidade. No curso de direito, principalmente nas turmas de direito noturno, a maioria dos estudantes trabalham e por conta disso não possuem tempo para estudar como deveria. A dica é: Leia resumos, não caia na besteira de pegar a doutrina bem no dia da prova. A internet está cheia de resumos muito bons, com certeza você vai entender e fazer bem sua prova, ou seja, doutrina no dia da prova NÃO!

Memória fotográfica? Abuse dos mapas mentais!
Muitas pessoas possuem uma memória fotográfica excelente. Essas pessoas aprendem mais um assunto vendo um esquema dele do que ter lido 100 páginas. Se você tem desse estilo pesquise na internet sites que produzem mapas mentais sobre seu assunto e seja feliz! Você vai gostar muito, afinal essa é sua forma mais simples de aprender. É claro que nenhum mapa substitui uma boa doutrina, mas na hora do desespero a melhor coisa a se fazer é estudar tudo resumido.

Isso serve tanto pra quem acumulou o assunto quanto para quem anda com seus estudos em dia. Nesse último caso, é muito bom fazer uso desses mapas na questão de fixar o assunto que você está estudando, até porque você não perderá muito tempo lendo ele, afinal o seu tempo maior será estudando doutrina.

Quantas horas estudar por dia?
Não adianta eu dizer quantas horas você deve estudar, isso é muito relativo e depende de diversas variantes. A disponibilidade de tempo é o maior problema para o estudante de direito, principalmente quando você participa de grupos de estudos, estágios ou até mesmo já exerce algum trabalho e concilia ele com seus estudos.

Não fique com a consciência pesada pelo fato de não ter o dia todo para estudar. lembre-se que qualidade é infinitamente mais importante do que quantidade. Se preocupe em valorizar o tempinho que você tem, estude com foco, se livre das distrações pelo menos nessa hora. É muito melhor você estudar uma ou duas horas focado do que 4 horas sem prestar atenção no que está estudando pelo fato de se distrair com tudo que passa pela frente (Pc, celular, amigos, familiares etc).

Como planejar adequadamente
Se tiver tempo, é a melhor coisa a se fazer. Se você tiver tempo, faça resumos das aulas que seus professores passaram ou até mesmo leia elas e parta para sua doutrina. Depois disso, resuma o que você leu para que não seja necessário você voltar à doutrina novamente para ler a mesma coisa, isso é muito bom para economizar nosso precioso tempinho.

Porém, tem gente que consegue estudar somente pelo caderno com as anotações que são feitas em aula. Se você for assim, é interessante fazer uso de mapas mentais e de doutrina (Se tiver tempo) apenas para ver o assunto de cima em seu conteúdo. Assim, você dominará o assunto muito bem!

O que eu faço
Depende da situação. Se eu estiver acompanhando o assunto certinho, eu leio a doutrina assim que chego em casa mesmo cansado, às vezes não dá mas faço assim sempre que posso. Depois, assisto uma vídeo aula sobre o assunto do dia no youtube, e o melhor de tudo é que isso é de graça! Os melhores são o saber direito e o prova final

Se eu não tiver estudado certinho a disciplina, eu faço uso de apostilas resumidas para pelo menos ter uma noção básica do assunto e decoro pequenos conceitos importantes sobre a disciplina para não zerar na prova. Quando dá eu vejo uns mapas mentais, mas não faço isso sempre e faço resumos do que os professores falam em sala de aula. Eu prefiro ler doutrina mesmo, só recorro aos mapas quando não tem mais jeito, rs. Independentemente de estar ou não com o assunto eu vejo os vídeos! São os melhores professores do Brasil e duram no máximo uma hora, show de bola.

Conclusão
Muitas vezes não conseguimos fazer um bom planejamento de estudos por vários motivos, mas isso não é desculpa para não estudar. Sempre há um jeitinho de você dar uma lidinha no assunto, seja por resumo, anotação, mapa mental ou leitura de doutrina. O mais aconselhável é que nós leiamos todos os dias nem que seja um pouquinho. É com esse trabalho de formiguinha, juntando pedrinha por pedrinha, que um dia iremos conseguir construir nosso castelo!

O que não podemos é deixar de estudar, se o tempo for extremamente curto a internet está para ser usada, cabe a você fazer um bom proveito dela e filtrar os bons conteúdos. Abraços e bons estudos!

Fonte: diariojurista

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Livro sobre os últimos dias de Nelson Mandela é recolhido por editora

0
O ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela - AP Photo/Denis Farrell

O ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela – AP Photo/Denis Farrell

 

Obra foi escrito por médico do sul-africano, mas família afirmou não ter dado autorização

Publicado em O Globo

JOHANNESBURGO — Um livro recém-lançado sobre os últimos dias de Nelson Mandela, escrito por um médico que trabalhou com o ex-presidente da África do Sul, foi recolhido pela editora, após a família do líder sul-africano afirmar que não havia autorizado a obra.

“Mandela’s last years” (Os últimos dias de Mandela, em tradução livre), escrito por Vejay Ramalakan, foi lançado na África do Sul no dia 18 de julho, para coincindir com o nascimento de Mandela, que morreu em 2013, aos 95 anos.

De acordo com a “BBC”, o livro mostra episódios polêmicos do final da vida do ex-presidente, assim como disputas dentro de sua família pelo seu legado.

Capa do livro 'Mandela's last years', escrito pelo médico Vejay Ramalakan - Divulgação

Capa do livro ‘Mandela’s last years’, escrito pelo médico Vejay Ramalakan – Divulgação

A viúva do ex-presidente, Graça Machel, cogitou processar o médico, alegando que ele teria quebrado o sigilo entre médico e paciente.

O médico afirmou, em entrevista ao canal “eNCA”, que recebeu permissão da família para escrever o livro, mas não especificou de quem.

A editora do livro, Penguin Random House, disse que a intenção era “mostrar a coragem e a força de Mandela até o final da sua vida”, e explicou que a decisão de recolher a publicação foi tomada “em respeito” à família. O número de cópias vendidas não foi informado.

O porta-voz da Fundação Nelson Mandela, Sello Hatang, afirmou que o livro não deveria ter sido publicado, e elogiou o fato da obra ter sido recolhida.

— No momentos, estamos avaliando sistematicamente o livro. Quando terminarmos, iremos divulgar uma listas das imprecisões — afirmou.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Centro Histórico de Paraty recebe últimos retoques para a Flip

0
A Igreja da Matriz, na Praça de Paraty, que receberá os debates da Flip 2017 - Monica Imbuzeiro / Agência O Globo

A Igreja da Matriz, na Praça de Paraty, que receberá os debates da Flip 2017 – Monica Imbuzeiro / Agência O Globo

Liv Brandão em O Globo

PARATY — A produção da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) faz os preparativos finais para sua 15ª edição, que vai de quarta-feira a domingo. Desta vez, a tradicional Tenda dos Autores dá lugar à Igreja Matriz, no Centro Histórico, que abrigará os debates, com capacidade para 450 pessoas (300 a menos que no antigo espaço).

Na praça que fica na frente da igreja, estão montadas a Tenda da Flipinha, que concentra a programação infantil oficial (que este ano foi incorporada à programação “de gente grande”), e o Auditório da Praça, que substitui a antiga Tenda do Telão. O espaço terá transmissão ao vivo das mesas da programação principal, com capacidade para 700 pessoas.

A previsão do tempo em Paraty é de sol e calor durante o dia, com máximas de 26º e mínimas de 17º.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

‘Os Ventos do Inverno’ pode chegar as livrarias em 2018, segundo George R.R. Martin

0
Mandatory Credit: Photo by Tolga Akmen/REX/Shutterstock (4079079d) George R. R. Martin George RR Martin and Robin Hobb in Conversation, London, Britain - 19 Aug 2014

Mandatory Credit: Photo by Tolga Akmen/REX/Shutterstock (4079079d)
George R. R. Martin

Guilherme Guckert, no Eu Nerd

George R. R. Martin deu aos fãs uma atualização sobre a tão esperada próxima edição da série de livros “As Crônicas de Gelo e Fogo“.

“Eu vi alguns relatórios verdadeiramente estranhos sobre [‘Os Ventos do Inverno’] na internet ultimamente, por “jornalistas” que fazem suas histórias de todo o tecido”, escreveu Martin em seu Livejournal. “Eu não sei qual é a história mais absurda, a que diz que o livro está terminado e eu estive sentado por algum motivo nefasto, ou aquela que diz que eu não tenho páginas. Ambos os “relatórios” são igualmente falsos… Eu ainda estou trabalhando nisso, ainda estou a meses (quantos? Boa pergunta), eu ainda tenho bons dias e dias ruins, e isso é tudo o que eu quero falar”.

Martin também disse que ele está trabalhando em uma história de dois volumes da história de Westeros sob a dinastia Targaryen, que atualmente é intitulada “Fogo e Sangue”, com a maioria do livro já “em grande parte escrito”.

“Se VENTOS DO INVERNO ou o primeiro volume de FOGO E SANGUE será o primeiro a chegar as livrarias é difícil de dizer nesta junção, mas acho que você terá um livro Westeros de mim em 2018 … e quem sabe, talvez dois. Um menino pode sonhar”, disse ele. Ele advertiu os fãs dizendo que nenhuma data de publicação foi definida para “Fogo e Sangue” neste momento, embora ele espere que o volume um seja publicado em 2018 ou no início de 2019.

Os fãs esperaram “Ventos do Inverno” desde a publicação de “A Dança dos Dragões” em 2011. Mesmo que o novo livro seja publicado em 2018, ainda será a maior diferença entre publicações de qualquer livro da série. Os livros servem de base para o programa de sucesso da HBO “Game of Thrones“, no qual cada temporada corresponde a aproximadamente um livro. No entanto, a série já ultrapassou o enredo nos livros e mais do que provavelmente irá concluir antes de Martin publicar o que está planejado para ser o sétimo e último romance da série.

Fonte: Variety

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Go to Top