Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged RankBrasil

Escritor do Rio de Janeiro bate três recordes com livro sobre funk

1
Marcelo Gularte conquista três recordes junto ao RankBrasil através do livro ‘A lenda do funk carioca’

Marcelo Gularte conquista três recordes junto ao RankBrasil através do livro ‘A lenda do funk carioca’

Publicado por Folha Vale do Café

Rio de Janeiro – Marcelo Gularte, de 42 anos, conquista três recordes junto ao RankBrasil através do livro ‘A lenda do funk carioca’, publicado de maneira independente pelo próprio autor. A obra de 1.177 laudas é o Maior romance em número de páginas do país. Com mais de 500 personagens, a publicação também foi considerada o Livro com a maior cronologia sobre o funk, contemplando mais de quatro décadas do gênero musical, período entre 1970 e 2014.

Além dessas marcas, Marcelo produziu um material extenso em um curto período de tempo. Foram apenas nove meses, escrevendo de 15 a 20 horas por dia, assim acabou se tornando o Mais rápido a pesquisar e publicar livro de Literatura. Nascido em Madureira, no Rio de Janeiro (RJ), o autor vive na zona sul da cidade maravilhosa, no bairro Catete. Um fato curioso sobre o escritor é que ele nunca frequentou os bailes do gênero.

O interesse pelo tema surgiu por influência do irmão e cresceu após produzir o curta-metragem ‘Mc Magalhães, uma lenda viva do funk’. Tratar este assunto representou um desafio.

“A primeira questão a se pensar foi desenvolver um trabalho direcionado à massa funkeira, considerada público não leitor. Decidi trazer o funkeiro como protagonista e narrador de sua própria história, valorizando personagens míticos, estruturando a escrita da maneira mais coloquial possível e preservando o vocabulário. O segundo fator era destrinchar esse período, sabendo que nenhum livro elucidava os festivais para me basear. O Dj Marcelo Negão do Apafunk representou meu fio de Ariadne e me ajudou bastante”.

A partir daí foram muitas reuniões com músicos e frequentadores das festas. O carioca nem sequer precisou de gravador no registro dos fatos. Cada encontro com um dos mais de 500 personagens presentes na publicação, escrevia por horas sem parar.

De acordo com o autor, o livro ainda não lançado por editora já é considerado a ‘Bíblia do funk’. “Ele foi construído por histórias reais, exigindo muita dedicação. É uma pesquisa monstruosa sobre a construção de uma cultura que representa uma identidade não só do Rio de Janeiro, mas também de fora do Brasil”, explica.

A grande quantidade de páginas dificulta a publicação em massa da obra, sendo necessário patrocínio. Além da versão impressa com 1.177 laudas, o escritor tem disponível um formato com 1.400 páginas.

Quatro vezes recordista

Conhecido como o rei dos ditados populares, Marcelo Gularte obteve o primeiro recorde junto ao RankBrasil em março de 2014 por realizar a Maior narração literária com ditos populares do país, com mil expressões por apresentação.

Cineasta e roteirista também dirigiu os curtas-metragens ‘Bang território em transição’ e ‘Mc Magalhães, uma lenda viva do funk’. Ele ainda coordena dois Pontos de Cultura em comunidades: um transforma lixo em instrumentos musicais e o outro ensina técnicas de cinema para adolescentes.

Quem ficou com curiosidade em conhecer o escritor, ele é facilmente encontrado em Ipanema, na Rua Vinicius de Moraes, onde toca flauta religiosamente todos os sábados de manhã.

Menino lança livro de poemas aos nove anos e bate recorde

0

menino lença livro de poemas e bate recorde

Publicado no Tribuna do Norte

João Victor Guimarães entra para o RankBrasil em 2014 como o Mais jovem a lançar livro de poemas no país. ‘O Recanto das Borboletas’ foi produzido pela Editora Friends em abril de 2013, sendo que na época o menino tinha nove anos e dois meses.

Lançado através das editoras nacionais Bookess, Agbook e também pela Bubok de Portugal, ambas plataformas de publicação gratuita e sob demanda. A obra é a primeira escrita pelo garoto, que quando começou tinha apenas oito anos.

Segundo o recordista, o ‘Recanto das Borboletas’ é baseado em um sonho que ele teve com uma tia já falecida. “O livro é sobre este lugar onde minha tia Iolanda habita. Alguns chamam de céu e outros de paraíso. O texto nos transmite para o outro lado da vida, ao encontro do amor de Deus e nossos queridos que já se foram”, explica.

De acordo com Rozely Guimarães, mãe de João Victor, a habilidade do filho com as letras foi descoberta por acaso. “Após a morte da minha irmã, pedi para ele escrever sobre seus sentimentos. Desta forma percebi: o português dele era quase perfeito e a combinação das palavras formava poemas ou possuía fundos poéticos. Decidi passar os textos para uma amiga escritora”.

Recorde

Assim como acontece nas fábulas literárias, uma fada madrinha surgiu na vida do jovem poeta. Mara Ivanovic revisou e editou o livro voluntariamente. Depois disso, fez com que fosse publicado.

Para ela, o recorde brasileiro é motivo de muita alegria. “Feliz seria pouco para descrever o que sinto. O exemplo da conquista dele junto a outras crianças e até adolescentes representará um ganho para o país de valor inestimável”.

Ainda de acordo com Mara, o próximo passo é tentar expor a obra do jovem no Salão Internacional de Livros em Genebra, na Suíça, em 2015.

Prodígio

Nascido em Osasco (SP), o recordista de 10 anos está na quinta série do ensino fundamental. O garoto atualmente vive na cidade de Garanhuns (PE). Ele gosta de ler, pratica natação, faz aulas de inglês e como toda criança é fã de jogos de videogame.

Escritor há dois anos, João Victor afirma possuir um romance quase terminado e várias poesias prontas. O menino não pretende parar de escrever, mas também deseja se tornar médico.

tn_02dc990c6f_recanto

Go to Top