‘Tinder dos livros’, Book4You quer conectar leitores e histórias sem preconceitos

Sem exibir capa ou autor, o serviço oferece novos títulos para usuários sem mostrar capa

1464854540348

publicado no Estadão

“Cruel e sanguinário” é o que diz um trecho da descrição do perfil que aparece na tela do smartphone. Na parte inferior do celular, apenas as opções de curtir ou passar. Apesar da descrição assustar, o usuário toca em “curtir”. A situação seria preocupante caso o serviço em questão fosse o aplicativo de paquera Tinder. Entretanto, o “cruel e sanguinário” não é a descrição de uma pessoa, mas de um livro. Trata-se do Book4You, serviço brasileiro que está sendo chamado de “Tinder do livros”.

O Book4You, que pretende unir histórias e pessoas, sem preconceitos com capa, autor ou nacionalidade da obra, começou a tomar forma em 2013, quando o administrador Cassio da Silveira resolveu comprar uma página no Facebook que iria ser desativada, mas que já contava com mais de 400 mil inscritos. “A página só compartilhava fotos e críticas de alguns livros, como várias outros canais do Facebook”, conta Cassio. “Comecei a procurar novas formas de inovar.”

O administrador pensou em criar um serviço que facilitasse o encontro de usuários com novas histórias. A ideia era usar o modelo de sucesso do Tinder: ele começou a desenvolver um site com design e funcionalidade parecidos e lançou o Book4You em novembro de 2015. Desde então, ele já conseguiu atrair mais de 15 mil pessoas para o aplicativo, que é operadora por uma equipe de apenas quatro pessoas. Eles são responsáveis por fazer a curadoria das obras exibidas para os usuários.

Para usar o Book4You, basta entrar no serviço — que por enquanto só possui versão para web — e escolher uma lista temática, como romance, horror, bestsellers e outras mais criativas, como “sobre o Vietnã” e “para ler no metrô”. Depois, basta navegar nas sinopses. Caso goste de alguma, a pessoa deve curtir e, em seguida, já é redirecionada para uma loja virtual de livros. Caso não goste da história, basta rejeitar e outra sinopse aparecerá na tela.

Modelo de negócio. Além de criar listas de livros patrocinadas por empresas — como acontece no serviço de streaming de música Spotify, por exemplo —, a Book4You ganha cada vez que um usuário do serviço compra um livro quando é redirecionado para alguma loja virtual.

Até agora, porém, o site não conseguiu faturar o suficiente para se bancar. Para Cassio, apesar da crise econômica, as perspectivas são boas para os próximos meses. “Conforme aumentam os usuários, aumentam também as parcerias e o nosso faturamento”, afirma o criador do Book4You. “Em breve, vamos começar a nos bancar para poder crescer.”

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *