Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Game of Thrones

Game of Thrones: George R. R. Martin diz que spin-off será gravado em 2019 e outros dois estão a caminho

0

George R. R. Martin está envolvido em três novas séries baseadas no universo de Game of Thrones (Foto: Evan Agostini / AP)

Enquanto a HBO ainda não confirma quais serão as continuações de Game of Thrones, o criador dos livros traz importante atualização

Publicado na Rolling Stone

A série Game of Thrones está perto do fim, mas possivelmente a saudade não vai existir por muito tempo. De acordo com uma nova notícia publicada pela CNN, pelo menos três spin-offs, ou séries derivadas, estão sendo trabalhadas pela HBO.

Quem confirmou foi o próprio George R. R. Martin, criador dos livros As Crônicas de Gelo e Fogo, que deram origem à série Game of Thrones. A diferença é que Martin não chama as novas produções de spin-offs e, sim, de “séries sucessoras”.

Em uma publicação no seu blog pessoal, Martin revelou o seguinte: “Nós tivemos cinco diferentes sucessores de Game of Thrones em desenvolvimento com a HBO. E três delas estão seguindo em frente.””

“Um deles, que eu não não posso chamar de THE LONG NIGHT [Martin escreveu desta forma, em letras maiúsculas, algo como “A Longa Noite”] será filmado ainda neste ano. Outros dois ainda estão na fase de construção de roteiro, mas estamos chegando perto do fim.”

A HBO há tempos diz que quer usufruir do sucesso de Game of Thrones o máximo possível. O fato de dividir uma temporada em duas, a sétima e a oitava, já mostrava isso.

“Estão dizendo na imprensa, todo mundo, que temos três ou quatro spin-offs e eles todos supõem que todos eles vão acontecer e que nós teremos um show novo de Game of Thrones por trimestre”, disse Casey Bloys, presidente de programação da HBO, dois anos atrás.

“Não é isso que vai acontecer. A ideia não é fazer as quatro séries. O nível estabelecido por Game of Thrones é tão alto que espero que pelo menos um desses novos seriados faça justiça à original.

Ao questionado sobre a viabilidade das novas séries, Martin diz:

“Talvez alguns de vocês [jornalistas] deveria pegar uma cópia de Fogo & Sangue [lançado recentemente por Martin, que conta a história da família Targaryen] e criar as suas próprias teorias”, ele diz, sobre o livro recente, lançado em 2018.

Game of Thrones inspira vinho

0

 

Produtor decide criar um vinho baseado nas referências de Game of Thrones

Publicado na Revista Adega

O enólogo Thibault Bardet, da Vignobles Bardet, em Saint-Émilion, resolveu pesquisar como o vinho Dornish, da série televisiva Game of Thrones, seria realmente. Ele se baseou em como ele é descrito nos livros, assim como a sua região produtora, a árida Westeros, é retratada na série.

“O projeto começou depois de assistir a um episódio de Game of Thrones com um amigo. Achamos que seria muito interessante ter a possibilidade de beber o vinho Dornish. Infelizmente, depois de algumas pesquisas, descobri que não havia um vinho como esse. Então decidi fazer o meu próprio vinho”, afirmou o enólogo. “No programa de TV, eles não falam muito sobre o sabor do vinho Dornish, mas no livro há muitas descrições sobre ele. Depois de ler todos os livros, eu tinha mais de 40 páginas de informações. As principais eram: frutado, poderoso, mas fácil de beber, e com intensa cor escura”.

Para Thibault e seu pai, Philippe, essa descrição contemplava a Merlot. Uma vez que conseguiram a uva, eles sabiam que a vinha precisaria se originar em solos arenosos, para imitar o terreno da península fictícia que é Dornish; assim um verão quente e seco em Bordeaux, em 2016, deu a eles o clima apropriado.

O resultado não é um, mas dois vinhos feitos no estilo Dornish: Dornish Wine Castillon Côtes de Bordeaux Red 2016 e The Imp’s Delight St-Émilion Red 2016. Este último – nomeado em homenagem ao vinho que Tyrion (um dos personagens da série) espera um dia fazer quando se aposentar – é vinificado sem sulfitos, como Thibault acha que provavelmente o vinho Dornish teria sido feito naqueles dias míticos.

Game of Thrones | Estudantes de escola técnica criam algoritmo para prever quem vai morrer

0

Fórmula usa técnicas de Inferência Bayesiana

Cesar Gaglioni, no Jovem Nerd

Game of Thrones (e os livros da série As Crônicas de Gelo e Fogo) ficou conhecida pela enorme taxa de morte de seus (muitos) personagens.

Com a chegada da oitava e última temporada da série, estudantes da escola técnica de Munique, na Alemanha, criaram um algoritmo para tentarem prever quem vai morrer na reta final da trama.

Para isso, os integrantes do projeto baixaram dados dos mais de 2 mil personagens presentes na série e nos livros, e usando técnicas de Inferência Bayesiana, analisaram quais são aqueles que tem mais chance de sobreviver, e aqueles que devem morrer muito em breve.

As técnicas de Inferência Bayesiana avaliam hipóteses pela máxima verossimilhança, e são usadas, por exemplo, para determinar os possíveis efeitos de quimioterapia em pacientes com câncer.

A fórmula leva em conta fatores que podem alterar o resultado final de uma situação hipotética. No caso do algoritmo de Game of Thrones, elementos como a Casa que os personagens pertencem, gênero, títulos, protagonismo na trama principal, casamentos e alianças são levados em conta para se determinar o resultado final.

A partir disso, eles determinaram que os personagens com mais chance de morrer são Bronn (93,5% de chance), o Montanha (80,3%), Sansa (73%), Arya (57,8%) e o Cão de Caça (47,5%).

Já aqueles que tem menos chance de acabarem sucumbindo ao jogo dos tronos: Daenerys (0,9%), Tyrion (2,5%), Varys (3,2%), Sam (3,3%) e Jaime (4%).

Os dados completos podem ser vistos no site do projeto.

A oitava temporada de Game of Thrones estreia na HBO em 14 de abril, 22h.

Final de Game Of Thrones será diferente dos livros

0

Lucas Gabriel, no Minha Série Favorita

O final de Game Of Thrones está chegando. A oitava temporada estreia em menos de um mês e com isso diversos papos sobre como será o fim estão rolando. Uma das coisas que mais chama a atenção em Game of Thrones é o fato da série/adaptação terminar antes do lançamento do fim dos livros. Mas, anteriormente, foi afirmado que George R. R. Martin já havia informado o final da história para os showrunners da série. Entretanto, o autor dos livros acaba de afirmar que acredita que o final de Game of Thrones será diferente de As Crônicas de Gelo E Fogo.

O autor afirmou que não faz ideia de como está a última temporada, pois não leu os roteiros dos episódios. Além de não ter lido, Martin disse também que não acompanhou as gravações da série.

epa06147057 US writer George R.R. Martin attends a news conference in St.Petersburg, Russia, 16 August 2017. The author of ‘Song of Ice and Fire’ series of fantasy novels, which inspired HBO series ‘Games of Thrones’, visits to take part in St.Petersburg Fantastic Assembly. The event runs from 18 to 21 August. EPA/ANATOLY MALTSEV ORG XMIT: SPB01

Durante uma entrevista à Rolling Stone ele reconfirmou a ideia de acreditar que os finais de ambas mídias serão diferentes. Apesar disso, ele afirma que o desfecho da série, segundo os showrunners, se baseiam naquilo que foi contado por ele. Entretanto, muita coisa do final foi criado apenas para a série.

“Os pontos principais do final serão coisas que eu contei para eles [David Benioff e D.B. Weiss] há cinco ou seis anos. Mas também podem ter mudanças e muitas coisas serão adicionadas.”

Martin falou ainda da demora que está levando para publicar os livros seguintes. “Eu tenho sido tão lento com esses livros.”

A temporada final de Game Of Thrones estreia no dia 14 de abril.

Game of Thrones | Derivado focará em “área pouco explorada nos livros”

0

“Westeros era um lugar muito diferente”, explica George R.R. Martin

Natalia Bridi, no Omelete

George R.R. Martin conversou com a Entertainment Weekly sobre a série derivada de Game of Thrones (que pode se chamar The Long Night; entenda).

Segundo Martin, que trabalha com a showrunner Jane Goldman na criação do programa, o prelúdio deve se passar entre 10 e 5 mil anos antes dos eventos já vistos na TV. “Nos livros é mencionado 10 mil anos, mas você tem lugares onde os arquimeistres dizem ‘não, não foram 10 mil anos, foram 5 mil anos”, explicou o autor, justificando que muito da história de Westeros é oral e portanto imprecisa.

Ainda assim, Martin garante que a Westeros da nova série é um lugar bastante diferente: “Não há Porto Real, Trono de Ferro, Targaryens – Valíria mal tinha começado a ascender com os dragões e o grande império que eles construíram. Estamos lidando com um mundo diferente e mais antigo e isso, espero, será parte da diversão da série. [Golman] é incrivelmente talentosa. Ela veio para Santa Fé e passamos uma semana discutindo ideias. Ela vai seguir por um território que não explorei muito nos livros, apenas insinuei”.

Ainda não há previsão de estreia para o derivado, que contará com Naomi Watts e Josh Whitehouse no elenco. Já Game of Thrones exibe sua conclusão na HBO em abril de 2019.

Go to Top