Canal Pavablog no Youtube

celebridades

Sophia Abrahão lança projeto de clube de leitura ‘Entre Livros’

0

Publicado no GShow

Atriz e apresentadora conversou com o Gshow nos bastidores do ‘Altas Horas’ sobre método que desenvolveu para estudar

Sophia Abrahão participou do Altas Horas no último sábado e aproveitou para conversar com o Gshow sobre seu novo projeto pessoal, o Entre Livros, lançado em fevereiro. Consciente da importância do hábito de leitura, ela explica como funciona a ideia do clube no vídeo.

“Consiste em um grande grupo de livros para os inscritos no projeto. Vamos fazer uma atualização quase diária sobre o livro e o que as pessoas estão achando. No final do mês, completado esse primeiro ciclo que vai começar agora em março, vamos fazer uma grande discussão sobre aquele livro”, ela conta.

Se engana quem pensa que Sophia já tinha um hábito de leitura tão assíduo desde a infância e adolescência. “Na escola eu não era a leitora mais ávida, tinha um pouco de dificuldade para ler.”

Boa aluna, Sophia gostava de estudar e encontrou sua própria maneira para tirar boas notas: “Sempre memorizei muito escrevendo. Usava canetas de diferentes cores de uma maneira que desse para memorizar cada parte da matéria. Eu tinha esse método de memorizar, então se você não tiver descoberto o seu, tente esse porque era muito eficaz para mim.”

“Adquiri o gosto pela literatura e leitura depois de mais velha. Então, acho que se eu puder incentivar os fãs e eles me incentivarem sempre a ler, vai ser muito prazeroso e bacana. Tenho essa memória da escola, mas não tem que ser assim. A gente tem que ler porque gostamos, mesmo aqueles livros que somos teoricamente obrigados a ler na escola.”

Sophia aproveita para deixar uma mensagem aos fãs:

“Toda leitura é válida, o importante é sempre estar lendo, expandindo os nossos horizontes e vocabulário. Leitura na escola ou fora dela é muito importante. Quem está estudando, aproveita esse momento por que é muito importante na sua formação.”

Duna | Oscar Isaac deve interpretar o pai de Timothee Chalamet

0

Longa ainda não tem data de lançamento

Fabio de Souza Gomes, no Omelete

Oscar Isaac está em negociações para entrar no elenco do reboot de Duna. Ele vai se juntar ao elenco que conta com nomes como Timothee Chalamet, Rebecca Ferguson, Stellan Skarsgard e Charlotte Rampling. Ele deve interpretar o pai de Chalamet no longa que contará com Denis Vileneuve na direção (Via Variety).

Timothee Chalamet viverá o protagonista Paul Atreides, cuja família aceita controlar o planeta-deserto Arrakis, produtor de um recurso valioso e disputado por diversas famílias nobres. Ele é forçado a fugir para o deserto – com a ajuda de sua mãe, Lady Jessica, que será vivida por Rebecca Ferguson – e se junta à tribos nômades, eventualmente liderando-as por conta de suas habilidades mentais avançadas. Já Dave Bautista será Rabban, sobrinho sádico de um barão que comanda Arrakis e também é chamado de A Besta.

O livro é conhecido como uma das obras mais complexas de ficção científica de todos dos tempos, e já foi adaptado para os cinemas em 1984 por David Lynch. O livro também virou minissérie do canal Syfy em 2000. No Brasil, os livros da franquia Duna são publicados pela Editora Aleph.

O longa ainda não tem data de estreia confirmada.

Anne Hathaway diz que O Diário da Princesa 3 está perto de acontecer!

0

Reprodução/Disney

Renan Lelis, no Poltrona Nerd

Anne Hathaway confirmou ao ET que deve retornar ao papel de Mia Thermopolis em breve. A atriz revelou que o roteiro de O Diário da Princesa 3 está em desenvolvimento.

“Há um roteiro para o terceiro filme. Eu quero fazer. Julie [Andrews] quer fazer. Debra Martin Chase, nossa produtora, quer fazer. Todos nós realmente queremos que isso aconteça”, disse a atriz.

O Diário da Princesa chegou aos cinemas em 2001 ganhando uma sequência O Diário da Princesa 2: Casamento Real em 2004. Ambos os filmes foram dirigidos pelo falecido diretor Gary Marshall.

O filme adapta o livro de Meg Cabot publicado em 2000. A trama original apresentou a tímida adolescente de San Francisco Mia Thermopolis, que ser uma princesa de verdade. Como herdeira da coroa de um pequeno principado europeu, Mia embarca em uma jornada cômica rumo ao trono com a ajuda da rígida e formidável avó, a rainha Clarisse Renaldi, que lha dará “aulas de princesa”.

Livro de Michelle Obama quebra recorde de ‘Cinquenta Tons de Cinza’

0

Michelle Obama lançou livro de memórias em que fala mais sobre si e a vida como primeira-dama. Foto: Pablo Martinez Monsivais/AP

Publicação ocupa a primeira posição da lista há 47 dias

Publicado no Estadão

Pouco mais de dois meses após o lançamento de Minha História, o livro de Michelle Obama quebrou um recorde ao ocupar a primeira posição de livro mais vendido da Amazon em todos os formatos. A publicação está há 47 dias consecutivos no topo da lista, reafirmando o sucesso da ex-primeira-dama dos Estados Unidos.

Até então, o livro recordista com mais dias na primeira posição era Cinquenta Tons de Cinza, escrito por E. L. James e publicado em 2012. O sucesso transformou o livro em um filme, estrelado por Dakota Johnson e Jamie Dornan.

Em Minha História, Michelle Obama traz memórias e reflexões sobre sua trajetória, desde a infância em Chicago, até o tempo em que viveu na Casa Branca.

Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio vão retomar parceria em ‘Killers of the Flower Moon’

0

O ator Leonardo DiCaprio e o diretor Martin Scorsese comparecem à estreia de ‘Ilha do medo’, em 2010 — Foto: Peter Kramer/AP Photo

 

Sexto filme da dupla vai se basear no célebre livro de não ficção do jornalista e escritor David Grann. Trama retrata massacre indígena dos anos 1920 e início das atividades do FBI.

Publicado no G1

O cineasta Martin Scorsese e o ator Leonardo DiCaprio vão voltar a trabalhar juntos no thriller “Killers of the Flower Moon”, anunciou nesta quarta-feira (24) o estúdio Imperative Entertainment em comunicado.

O projeto, baseado no livro homônimo de não ficção lançado em 2017 pelo jornalista e escritor David Grann, será o sexto filme em comum para ambos após “Gangues de Nova York”, “O Aviador”, “Os Infiltrados”, “Ilha do Medo” e “O Lobo de Wall Street”.

“Quando li o livro de David comecei a visualizá-lo imediatamente: as pessoas, os cenários, a ação… Sabia que tinha que transformá-lo em um filme”, disse Scorsese na nota.

“Estou entusiasmado por levar esta perturbadora história americana para a grande tela”, acrescentou.

A trama se desenvolve em Oklahoma durante a década de 1920 e gira em torno dos membros da tribo indígena nação Osage, logo após o descobrimento de poços petrolíferos em suas terras.

Seus integrantes foram assassinados um por um, e o recém criado FBI (polícia federal americana) assumiu a investigação do caso sem imaginar a conspiração que teria que enfrentar.

Scorsese será também produtor do longa junto com Dan Friedkin, Bradley Thomas, Emma Tillinger Koskoff e a Appian Way Productions.

Já o roteiro do filme ficou a cargo de Eric Roth, enquanto a previsão é que as filmagens comecem no verão do próximo ano nos Estados Unidos.

DiCaprio está atualmente rodando “Once Upon a Time in Hollywood”, de Quentin Tarantino, e Scorsese finaliza a pós-produção do drama criminal “The Irishman” para a Netflix.

Go to Top