livros

Cancelada pela Netflix, Anne with an E tem final surpreendente nos livros; conheça

0

A autora escreveu oito livros sobre a personagem – Divulgação/Netflix

A nova adaptação foi finalizada na terceira temporada

Publicado no Exitoína

lerta para spoilers! A série Anne With An E conquistou rapidamente o público com três temporadas e acumulou milhares fãs ao redor do mundo. Mas essa história não é recente, a trama que acompanha a jovem órfã em Green Gables é baseada em uma série de livros escritos por L. M. Montgomery em 1908.

Diferente da série da Netflix lançada em 2017, que encerrou a história de Anne Shirley no momento em que ela entra na Queen’s College, os suas trajetória vai muito além. A personagem viveu muitas aventuras até a vida adulta ao longo de em seis livros.

Nas sequencias Anne of Avonlea, Anne of the Island, Anne of Anne’s House of Dreams, Rainbow Valley e Rilla of Ingleside, acompanhamos a ruiva realizando o seu grande sonho de ser professora. Se destacando dos outros alunos, ela ganha uma bolsa de estudos por ser a melhor aluna de Inglês. Esta bolsa permite que personagem termine sua graduação em Redmond.

Mas a vida da protagonista nunca foi fácil e nos livros seguintes isso não muda. Com Matthew infartando ao descobrir que o banco onde tinha todo seu dinheiro faliu, Anne desiste da bolsa para ajudar em casa a cuidar de Marília, que está perdendo a visão.

É nesse momento crucial que sua relação rivalidade com Gilbert Blythe passa por chega ao fim. Diferente da trama da Netflix, ele também se torna um professor, e nos livros desiste de seu cargo na escola de Avonlea para que Anne possa ocupá-la, ajudando a jovem a trabalhar perto de casa.

A adaptação mais recente da TV adiantou o namoro entre Anne e Gilbert, mas com o cancelamento da produção, não houve tempo de decorrer fielmente a relação do casal. Na história original, Anne só descobre anos mais tarde, quando o protagonista fica muito doente, que sempre foi apaixonada ele. A longa saga de Anne é finalizada quando ela está casada com seu grande amor e possui sete filhos.

HarperCollins lança pré-venda do livro ‘Os Filhos de Húrin’ de J.R.R. Tolkien

0

Miguel Oliveira, em O Vício

Continuando suas publicações do autor de O Senhor dos Anéis, J.R.R. Tolkien, a editora HarperCollins lançou a pré-venda do livro ‘Os Filhos de Húrin’, que além da capa dura, conta com um pôster para os fãs. Confira:

Depois da publicação de O Silmarillion, Os Filhos de Húrin é o trabalho seguinte de Christopher Tolkien como editor e curador dos manuscritos de seu pai, J.R.R. Tolkien. O livro é o terceiro dos Três Grandes Contos dos Dias Antigos e, assim como A Queda de Gondolin e Beren e Lúthien, conta com ilustrações de Alan Lee.Seis mil anos antes de o Um Anel ser destruído, a Terra-média é assombrada por Morgoth, o Primeiro Senhor Sombrio, senhor e mestre de Sauron. Húrin, um poderoso guerreiro da raça humana se recusa a trair os Elfos e, por isso, ele e sua família são amaldiçoados. Assim, os destinos de Túrin e de sua irmã Niënor são tragicamente entrelaçados. Em tom épico e trágico, a narrativa foi inspirada nas mitologias grega, finlandesa e escandinava. Seus personagens, reconhecivelmente humanos, seguem determinados a resistir, mesmo sem a menor esperança de triunfar.

Os livros contam com nova tradução e novo formato. Desta vez, eles são traduzidos por Reinaldo José Lopes, um leitor e fã de Tolkien. As novas edições prometem trazer vários aspectos que foram deixados de lado na tradução anterior, além de buscar por um tratamento merecido para a obra.

10 livros para ler em janeiro e curtir o verão

0

(Foto: Pixabay)

Selecionamos lançamentos da literatura para você começar o ano com uma boa leitura

Giuliana Viggiano, na Galileu

Para quem curte aproveitar o verão para tirar o atraso nas leituras, poucas coisas são tão agradáveis quanto ler um bom livro à beira da piscina ou com vista para o mar. Pensando nessas pessoas — mas também em quem prefere aproveitar os dias quentes no ar-condicionado — separamos algumas indicações de leituras para o mês. Confira:

1. Posso pedir perdão, só não posso deixar de pecar, de Fernanda Young (LeYa, 160 páginas, R$ 45)
Após a primeira menstruação, a forma com que uma jovem vê o mundo muda radicalmente. Esse é o centro de Posso pedir perdão, só não posso deixar de pecar, primeiro livro escrito por Fernanda Young, aos 17 anos. A autora, que morreu no dia 25 de agosto de 2019, ficou conhecida por seu trabalho como roteirista de TV, escrevendo programas como “Os Normais” e “Minha nada mole vida”.

2. VHS: Verdadeiras histórias de sangue, de Cesar Bravo (DarkSide, 288 páginas, R$ 49,90)
A cidadezinha de Três Rios, no interior paulista, era um lugar um tanto sinistro entre os anos de 1985 e 1995. Dividido em contos, VHS conta algumas dessas histórias bizarras e assustadoras que ocorreram no período, deixando vestígios que assombram seus moradores até hoje.

3. Melpômene, de Heródoto (Edipro, 192 páginas, R$ 59,90)
Este livro é uma adaptação dos escritos de Heródoto, historiador grego que viveu entre 485 a.C. e 425 a.C. A obra traz informações sobre como era a vida no Império Persa, além de relatos sobre a cultura dos citas e dos líbios que viveram antes de seu tempo.

4. Um conto de Natal, de Charles Dickens (Antofágica, 312 páginas, R$ 49,90)
Há quem diga que esta obra de Charles Dickens criou o Natal como o conhecemos hoje. Publicado em 1843, o livro conta a história de Scrooge, um homem avarento que vê a data comemorativa como um desperdício de tempo e dinheiro.

Isso muda quando, em uma noite natalina, o fantasma de seu ex-sócio vem visitá-lo e conta que outros três espíritos aparecerão para apontar seus erros do passado, do presente e do futuro.

5. O milagra da manhã, de Hal Elrod (BestSeller, 400 páginas, R$ 59,90)
Neste livro, o norte-americano conta como sua rotina matutina o ajudou a superar as dificuldades que surgiram em sua vida após um acidente de carro que o deixou paraplégico. Essa edição em particular conta com um diário, que permitirá ao leitor exercitar os ensinamentos aprendidos na obra.

(Foto: Pixabay)

6. Planeta dos insetos, de Anne Sverdrup-Thygeson (Matrix, 192 páginas, R$ 42)
A vida na Terra como conhecemos hoje só é possível graças a um grupo de animais que causa repulsa em muita gente: os insetos. Nesse livro, Sverdrup-Thygeson conta detalhes da vida desses seres vivos e explica como sua existência é essencial para a nossa sobrevivência.

7. A ilha do tesouro, de R. L. Stevenson (Antofágica, 368 páginas, R$ 69,90)
Jim Hawkins adora contos de marinheiros, mas, na hospedaria em que vive com seus pais, ele está longe de viver essas histórias na vida real — até agora. Pouco depois de um capitão se hospedar no local, um mapa do tesouro cai em suas mãos, e Hawkins não perderá a oportunidade de viver essa aventura.

A obra, publicada em 1883, é um clássico da literatura de ficção mundial. Nessa nova edição da Antogáfica, A ilha do tesouro é recontada com o auxílio de ilustrações, notas de rodapé e textos de apoio.

8. Meditações, de Marco Aurélio (Edipro, páginas 160, R$ 34,90)
Neste livro o leitor encontrará anotações pessoais feitas por Marco Aurélio, que governou o Império Romano entre os anos de 170 e 180. A obra permite compreender melhor o que se passava na cabeça de um cidadão da época — e de uma das figuras políticas mais notáveis da história.

9. A história de Jesus para quem tem pressa, de Anthony Le Donne (Valentina, 208 páginas, R$ 34,90)
Acreditando ou não na existência de Jesus, esta é uma leitura interessante para quem deseja conhecer mais sobre as diversas facetas dessa figura histórica. Além de contar os feitos do messias no Cristianismo, o livro traz informações sobre como outras culturas ao redor do mundo (como os vikings) lidaram com a figura de Jesus com o passar do tempo.

10. Tire do projeto do papel com Scrum, de Alexandre Magno (LeYa, 144 páginas, R$ 29,90)
Para quem curte negócios, esse livro é uma boa indicação. Nele, Alexandre Magno ajuda o leitor a compreender como funciona o método Scrum e a melhor forma de aplicá-lo no dia a dia.

Bill Gates recomenda estes 5 livros para começar bem o ano

0

BILL GATES: pelo quarto ano consecutivo, fundador da Microsoft lidera lista da revista Forbes / https://exame.abril.com.br/noticias-sobre/trabalho-em-equipe/ (./Getty Images)

O bilionário e filantropo fez uma seleção de livros que acredita que todos irão gostar e que são ótimos para a virada do ano

Luisa Granato, na revista Exame

São Paulo – Para quem vive na correria do dia a dia e não sobra muito tempo para leituras mais profundas, todos os anos o fundador da Microsoft Bill Gates faz uma seleção de livros que leu naquele ano e que recomenda.

Segundo Gates, em 2019 ele inconscientemente priorizou livros de ficção, explorando outros mundos.

O bilionário e filantropo fez uma seleção de cinco livros que acredita que todos irão gostar e que são ótimos para a virada do ano.

1. An American Marriage, de Tayari Jones | Um casamento americano (editora Arqueiro)

Gates conta que o romance sobre um casal negro do sul americano cujo casamento é ameaçado por injustiças foi recomendação de sua filha. A leitura é boa para se envolver na história de amor e criar empatia pelos diferentes personagens.

2. These Truths, de Jill Lepore

A historiadora Jill Lepore conta a história dos Estados Unidos em 800 páginas. Segundo Gates, a obra tem o diferencial de utilizar pontos de vista diversos na narrativa.

3. Growth, de Vaclav Smil

Gates confessa que Vaclav Smil é um de seus autores favoritos e que esperava seu novo livro como muitos esperam pelo novo filme de Star Wars. O professor investiga o crescimento na natureza e na sociedade, desde microorganismos até impérios e civilizações.

4. Prepared, de Diane Tavenner

Sendo educação uma das paixões do bilionário, não poderia faltar uma recomendação no tema. O livro fala sobre preparar os filhos para a vida após o ensino médio, a autora faz um guia de como ajudar os jovens a seguir seu caminho na vida e para a faculdade.

5. Why We Sleep, de Matthew Walker | Por que nós dormimos: A nova ciência do sono e do sonho (editora Intrínseca)

Segundo Gates, esse é apenas um dos livros sobre comportamento humano que ele leu no ano, mas ele acredita que “Why We Sleep” é o mais interessante e profundo. Gates recomenda o livro para quem deseja ser mais saudável em 2020 e melhorar seus hábitos de sono.

The Witcher ganha coleção de livros de luxo

0

Miguel Oliveira, em O Vício

A Martins Fontes anunciou que os livros de Andrzej Sapkowski ganharam um tratamento todo especial, com mapa interno, fitilho e capa dura com esse aplique metalizado desenhado pelo Ezekiel Moura. Os primeiros quatro volumes da série já estão à venda (a 1ª temporada da Netflix abrange principalmente os 2 primeiros livros), e os outros quatro chegam no começo de 2020. ⁣⁣ Confira abaixo:

A série de livros, que começa com “O último desejo”, deu origem aos games e à série homônima com Henry Cavill. Eles acompanham Geralt, um feiticeiro cheio de astúcia. Um matador impiedoso. Um assassino de sangue-frio treinado, desde a infância, para caçar e eliminar monstros. Seu único objetivo: destruir as criaturas do mal que assolam o mundo. Um mundo fantástico criado por Sapkowski com claras influências da mitologia eslava. Um mundo em que nem todos os que parecem monstros são mas e nem todos os que parecem anjos são bons…⁣⁣

Go to Top